Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 24 de Novembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2017
mrv

1º DP de Ferraz aumenta sensação de segurança na Vila Margarida

29 ABR 2015 - 08h01

 Inaugurado em 31 de maio de 2014, o 1º Distrito Policial de Ferraz está prestes a completar um ano de existência. Localizado no número 940 da Rua Stella Mazzucca, na Vila Margarida, o equipamento beneficia, diretamente, mais de 50 mil habitantes. Segundo o prefeito Acir Filló (PSDB), a segurança local foi melhorada a partir da entrega da delegacia, principalmente por facilitar o atendimento da comunidade local, que, antes, tinha de se deslocar até o Distrito Central, no Parque Dourado, para registrar ocorrência.

Além de Filló e da presidente do Fundo Social de Solidariedade do município, a primeira-dama Viviane Vieira dos Santos, participaram da solenidade de inauguração do 1º DP de Ferraz o secretário de Estado da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, o ex-deputado federal Junji Abe, e os deputados estaduais André do Prado, Estevam Galvão de Oliveira e Luiz Carlos Gondim Teixeira. O delegado seccional de Mogi das Cruzes, Marcos Batalha, além de demais prefeitos do Alto Tietê e vereadores também acompanharam os trabalhos, que marcaram um novo tempo para a Vila Margarida, que há anos almejava sua delegacia - projeto que só saiu do papel na atual gestão.

O 1º DP passou a funcionar em 2 de junho de 2014, sob o comando de Márcio Cursino. No equipamento, o delegado titular chefia uma equipe formada por cinco investigadores e três escrivães. O atendimento à população acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Com a implantação efetiva da unidade policial na Vila Margarida, há 11 meses, a delegacia do Parque Dourado passou a Distrito Central e continua acolhendo a população 24 horas por dia, sete dias por semana.

Na entrega do prédio, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) não deixou de ressaltar que o 1º DP era o sinônimo de "persistência do prefeito de Ferraz", que, assim como ele e todos os membros do governo do Estado de São Paulo, encaram a Segurança Pública como um "grande desafio", além de prioridade de gestão.

O prefeito validou as palavras do governador, na oportunidade, e lembrou que o município esperava pela nova delegacia há mais de 30 anos. "A falta de um DP central no bairro desestimulava as pessoas a oficializarem os delitos, prejudicando, sobremaneira, as investigações, já que esses números não entravam nas estáticas oficiais. Esta unidade oferece uma sensação de segurança considerável e atende mais de 50 mil moradores daquela região, que, agora, não precisam se deslocar até o Centro para serem atendidos e registrarem as ocorrências. Para toda a cidade, foi um grande ganho", valoriza Filló.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias