sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

22 bairros ficarão sem água quinta-feira em Mogi das Cruzes

Interrupção será das 6h30 às 18 horas

04 julho 2017 - 17h48Por de Mogi

Vinte e dois bairros ficarão sem água na quinta-feira (6), em Mogi das Cruzes. No total, 78 mil pessoas serão afetadas pelo desabastecimento, o que totaliza 19,5 mil ligações. O motivo da interrupção é a continuidade da reforma de impermeabilização do reservatório da Estação de Tratamento de Água (ETA) Leste, no Socorro. De acordo com Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), a obra tem como objetivo a redução das perdas de água tratada no município.

A interrupção do fornecimento de água será das 6h30 às 18 horas. O abastecimento, porém, deve ser normalizado somente na madrugada de sexta-feira (7). Para a obra, a companhia investiu R$ 480 mil para a recuperação estrutural de paredes, pisos e lajes, e reforma da impermeabilização interna das duas câmaras do reservatório, que tem capacidade para 4,5 milhões de litros e abastece os distritos de Cezar de Souza e Sabaúna e alguns bairros da região do Rodeio. 

Devido à paralisação, o Semae pede aos moradores que utilizem água de forma racional. Além disso, orienta a reduzir o tempo de banho, evite lavar carros e não desperdíce ao executar as tarefas domésticas como a lavagem de louças e roupas.

Ainda segundo a companhia de tratamento de água, o mogiano que possui caixa d’água em casa não sentirá os efeitos da paralisação. O texto destaca que ter um reservatório é fundamental para evitar transtornos durante os trabalhos de manutenção da rede ou outras intervenções que exigem a interrupção do fornecimento de água, principalmente nos locais mais altos ou que trabalham por redes bombeadas, onde é necessário mais tempo para que o abastecimento seja normalizado.

A reservação de 200 litros diários para cada morador é suficiente. Assim, uma casa com cinco pessoas deve ter uma caixa com capacidade para ao menos mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas, mesmo sem fornecimento de água da rua. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 115.

Redução de perdas

Outra reforma recente, concluída em maio e que faz parte do mesmo projeto de diminuição de perdas é a recuperação estrutural do Reservatório Baixo 1 (RB-1), na Vila Natal. O investimento foi de R$ 790 mil.

Maior reservatório da autarquia, com capacidade para 15 milhões de litros, o RB-1 foi inaugurado em 1972 e abastece uma área onde vivem aproximadamente 230 mil pessoas. Além da recuperação da estrutura de concreto, foi aplicado um novo revestimento impermeável no interior do reservatório.

Mogi das Cruzes fechou o ano de 2015 com 48,8% de perdas, relacionadas não apenas a vazamentos, mas também a ligações clandestinas/furto de água e hidrômetros antigos que não registram corretamente o volume consumido.

O índice vem caindo gradativamente, graças aos investimentos. O percentual de perdas relativo a 2016 está sendo consolidado junto ao Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

 

Bairros onde o abastecimento será interrompido:

Botujuru

Conjunto Habitacional Vereador Jefferson da Silva

Jardim Bela Vista

Jardim Cíntia

Jardim das Bandeiras

Jardim Juliana

Jardim São Pedro

Loteamento Morada do Sol

Loteamento Rio Acima

Residencial Granja Anita

Residencial Veredas

Residencial Fazenda Rodeio ("Bella Cittá")

Sabaúna

Vila Andrade

Vila Horizonte

Vila Mathias

Vila Nova Aparecida

Vila Pauliceia

Vila São Paulo

Vila Suíssa

Conjunto Residencial Maricá

Conjunto Residencial Rodeio

Deixe seu Comentário

Leia Também