domingo 26 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

63% dos trabalhadores enfrentam problemas financeiros

Entre os problemasdestacados estão as dívidas do cartão de crédito

10 maio 2024 - 17h06Por Da Região

Recentemente, a pesquisa "Saúde & Gestão", conduzida pela Onze, uma fintech especializada em saúde financeira e previdência privada corporativa, revelou um cenário preocupante: mais da metade dos trabalhadores brasileiros, equivalente a 63%, enfrenta problemas financeiros. Esses desafios não se limitam apenas à esfera financeira, mas também afetam a saúde mental e emocional (57%) e a saúde física (33%) dos colaboradores.

Entre os problemas financeiros mais destacados estão as dívidas do cartão de crédito, mencionadas por 52% dos entrevistados, e a renda insuficiente para cobrir os gastos mensais, citada por 45% deles. Esses números refletem não apenas a situação econômica instável do país, mas também a falta de educação financeira e planejamento adequado por parte dos trabalhadores.

Nesse contexto, André Minucci, mentor de empresários, ressalta a importância das empresas em reconhecerem a relação direta entre saúde financeira e bem-estar geral dos colaboradores. Segundo ele, problemas financeiros ocupam o topo da lista de preocupações das pessoas e podem desencadear uma série de consequências negativas, que vão desde ansiedade até problemas de relacionamento. “É fundamental que as empresas assumam um papel ativo no apoio aos seus funcionários, fornecendo recursos e orientações para ajudá-los a lidar com questões financeiras e promover um ambiente de trabalho saudável e produtivo”, comenta.

Diante desse cenário, aqui estão algumas dicas valiosas para as empresas:

1. Educação financeira: Ofereça programas de educação financeira e palestras sobre gestão de dinheiro para os colaboradores. Ensine-os a criar um orçamento, economizar e investir de forma inteligente, para que possam tomar decisões financeiras mais informadas e responsáveis.

2. Benefícios flexíveis: Considere oferecer benefícios flexíveis que atendam às necessidades individuais dos colaboradores. Isso pode incluir opções como plano de saúde, auxílio-educação, vale-alimentação, entre outros, permitindo que eles escolham os benefícios que melhor se adequam às suas circunstâncias financeiras e de vida.

3. Apoio psicológico: Disponibilize serviços de apoio psicológico e Treinamento de Inteligência Emocional para os colaboradores que estão lidando com problemas financeiros. Isso pode incluir sessões de aconselhamento, grupos de apoio e recursos online para ajudá-los a lidar com o estresse e a ansiedade associados às questões financeiras.

4. Incentivo ao planejamento financeiro: Promova a cultura do planejamento financeiro dentro da empresa, incentivando os colaboradores a estabelecerem metas financeiras e a criar um plano para alcançá-las. Ofereça ferramentas, para ajudá-los a acompanhar seu progresso e a fazer ajustes conforme necessário.

5. Flexibilidade financeira: Se possível, ofereça opções de pagamento flexíveis ou antecipação de salários para colaboradores que enfrentam dificuldades financeiras temporárias. Isso pode ajudá-los a evitar a acumulação de dívidas e a lidar melhor com despesas inesperadas.

No geral, as empresas têm um papel crucial a desempenhar na promoção da saúde financeira e bem-estar de seus colaboradores. “Ao adotar medidas proativas e fornecer suporte adequado, elas não apenas ajudam a aliviar o estresse financeiro dos trabalhadores, mas também promovem um ambiente de trabalho mais saudável, feliz e produtivo para todos”, finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também