terça 18 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Alto Tietê tem aumento de 3,6% de ICMS nos primeiros três meses

Mês de janeiro acumulou a maior arrecadação do ano, segundo levantamento

27 abril 2019 - 23h52Por Aline Moreira - da Região
Em comparação com os meses de janeiro, fevereiro e março do ano passado, os três primeiros meses de 2019 registraram um aumento de 3,6% no repasse do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS) à região. Com isso, o montante das dez cidades do Alto Tietê saltou de R$ 164,4 milhões em 2018 para R$ 170,3 milhões em 2019. 
 
Mogi das Cruzes, Suzano e Itaquaquecetuba são os municípios que recebem os maiores valores de repasse; juntos somam R$ 117,4 milhões em 2019. As demais cidades receberam até março, R$ 15,5 milhões (Arujá); R$ 10,5 milhões (Ferraz de Vasconcelos); R$ 9,7 milhões (Poá); R$ 7,2 milhões (Guararema); R$ 5,7 milhões (Santa Isabel); R$ 2,2 milhões (Biritiba-Mirim) e R$ 1,7 milhões (Salesópolis). 
 
Até o final dos repasses de março, o mês de janeiro foi o que mais acumulou arrecadação. De forma unânime, as cidades somaram R$ 62,6 milhões. 
 
Em 2018, as cidades receberam o valor total de R$ 672,1 milhões no repasse do ICMS. Vale destacar que o montante é repassado mensalmente pela Secretaria da Fazenda de acordo com 25% na arrecadação do imposto gerados pelas cidades. A distribuição dos valores é com base na aplicação do Índice de Participação dos Municípios (IPM), que é definido para cada cidade. 
 
Todas as informações foram levantadas pelo DS no site da Secretaria da Fazenda. 
 
ICMS 
 
O ICMS é um tributo que ocorre sobre a movimentação de mercadorias em geral, que inclui produtos dos mais variados segmentos como eletrodomésticos, alimentos, cosméticos, transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação.