Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 21 de agosto de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/08/2019
PMMC - TRATA BRASIL
CENTERPLEX 15 A 21/08

Aneel propõe redução na conta de energia de 950 mil no Alto Tietê

Biritiba Mirim, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis e Suzano são cidades beneficiadas

Por Daniel Marques - da Região23 JUL 2019 - 22h00
Caso seja aprovada, a medida pode beneficiar 950 mil consumidores de oito cidades da regiãoFoto: Divulgação
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs a EDP São Paulo reduzir a tarifa de energia no Alto Tietê. A redução média seria de cerca de 2,1% do valor cobrado atualmente. Caso seja aprovada, a medida pode beneficiar 950 mil consumidores de oito cidades da região. As informações foram apresentadas nesta terça-feira, 23, durante audiência pública. 
 
De acordo com o cálculo feito pela Aneel, a maior redução pode ser para residência de 3,14% (baixa tensão). Os empreendimentos, que são abastecidos pela alta tensão, poderão ter uma economia de 0,25%. 
 
O pedido de redução da tarifa se baseia na antecipação do pagamento dos empréstimos realizados pelas empresas de distribuição de energia, nos anos de 2013 e 2014, durante o período de estiagem, das usinas termoelétricas. 
A Aneel deve publicar a nova tarifa dia 17 de outubro. Com isso, a previsão é a de que os novos valores passem a vigorar a partir do dia 23 de outubro. 
 
 
De acordo com o diretor de regulação da EDP São Paulo, Donato da Silva Filho, a expectativa é de que as contas referentes ao mês de outubro, que irão vencer em novembro, estejam com a novo valor, a partir da redução ou não. "O consumidor deve sentir o impacto do reajuste na conta do mês de novembro (que vencerá em dezembro)", disse.
Ainda segundo Donato, das 55 distribuidoras de energia no Brasil, a tarifa da EDP São Paulo será a 16ª mais barata do país, caso a proposta preliminar seja aprovada. “O grande objetivo é fazer com que a população seja capaz de pagar as contas de luz”, afirmou.
 
A população das cidades de Arujá e Santa Isabel não entram na lista dos beneficiados, pois são atendidos pela distribuidora de energia Elektro.
 
Melhorias
 
Em nota, a EDP São Paulo destacou os recursos investidos para a construção e recapacitação de linhas de distribuição de alta, média e baixa tensão na região.
 
Segundo a distribuidora, ao todo, mais de R$ 1 bilhão foram usados na expansão e manutenção dos sistemas elétricos, novas tecnologias para atendimento ao cliente, combate às perdas e infraestrutura. 
 
Foram realizadas ações na linha de Mogi-Suzano, que atende diretamente os demais municípios do Alto Tietê, para aumentar a confiabilidade do sistema e reduzir riscos de eventuais interrupções de energia.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias