sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Literatura

Bertaiolli lança livro 'Cidade do Saber' e prepara nova publicação para fim do ano

Cada livro, que levam as cores do partido: azul, verde e amarelo, se tornarão também modelos para o Partido Social Democrático usar na gestão do País

27 junho 2017 - 16h22

O ex-prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), lança na quarta-feira (28 de junho), na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), a partir das 17 horas, o livro “Cidade do Saber - Um Jeito de Pensar e Fazer Educação”.  Em entrevista coletiva, o gestor público falou sobre política e a nova obra “Cidade Empreendedora”, prevista para ser lançada no final do ano. Cada livro, que levam as cores do partido: azul, verde e amarelo, se tornarão também modelos para o Partido Social Democrático usar na gestão do País.

De acordo com Bertaiolli, ele foi convidado pela Editora Gente para escrever sobre políticas públicas. Assim nasceu o “Cidade Saudável” e agora o “Cidade do Saber”, livros que trazem o modelo de gestão usada por ele, em cada área, nos 8 anos em que esteve a frente da Prefeitura e que agora está sendo usada pelo PSD. “O partido tem usado algumas ações desenvolvidas pela gestão Bertaiolli em Mogi no País. Algumas coisas importantes foram destacadas em dois livros, um que fala sobre a saúde pública e outro que trás as ações realizadas na educação. Em oito anos fizemos 80 escolas, 10 por ano, todas elas entregues e em funcionamento”, completa.

No final do ano, com a publicação do Cidade Empreendedora, a Editora Gente lançará um Box com os três exemplares. “Estou muito feliz com este trabalho, que é uma forma de prestar contas. Mesmo com 500 páginas, digo que a educação é uma obra inacabada, pois não temos a presunção de dizer como fazer, mas oferecemos um caminho. Queremos uma educação igualitária, tanto para quem é da classe alta, quanto quem é da classe baixa. Defendemos a educação municipalizada para ter maior qualidade”, explica.

Deixe seu Comentário

Leia Também