domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Câmaras da região entram em recesso a partir de 1º de julho

25 junho 2017 - 08h00

A maior parte das Câmaras do Alto Tietê entrarão em recesso a partir de 1º de julho. Antes de entrar no período de férias, as Casas de Lei precisam votar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Em Suzano, o recesso do Legislativo vai até o final de julho. Os vereadores já votaram a LDO do município e não deve ser reunir durante as férias. "Estou satisfeito com a produção legislativa deste primeiro semestre. Parabenizo a todos os vereadores que se demonstraram muito atuantes. Ressalto também a união de todos os parlamentares. Quem ganha com essa união é a cidade. Tenho dito que encerramos o primeiro semestre com uma 'obra de Deus', isso porque a construção da nova sede foi iniciada sob o meu comando e será entregue definitivamente agora, comigo novamente na presidência da Casa", comenta o presidente Zaqueu Rangel (PSDB). Poá também entra em recesso no mesmo período. A primeira sessão da Casa, após as férias, será em 1º de agosto. A LDO poaense será votada até o dia 30 deste mês, tendo a possibilidade dos legisladores realizaram uma sessão extraordinária durante o recesso para concluir a votação do projeto. Em Ferraz de Vasconcelos, a LDO será votada para que os vereadores entrem de férias. O período de descanso será o mesmo da vizinha poaense. Mas a primeira sessão acontece em 7 de agosto. No município também existe a possibilidade dos legisladores se reunirem em sessão extraordinária durante o recesso, mas para votar uma matéria pendente do Executivo para autorizar a licitação do transporte público. Mesmo assim, a assessoria de imprensa da Casa de Leis explica que a medida demanda de duas votações, assim deve ficar para o segundo semestre. O período de descanso, 31 dias de julho, também é o mesmo para a Câmara de Itaquaquecetuba. A LDO da cidade foi votada na semana passada, durante sessão ordinária. As sessões de Itaquá serão retomadas em 1º de agosto. "Avalio o primeiro semestre de maneira otimista, inclusive, com a realização de um mandato transparente e voltado para as pessoas, plataforma de nosso trabalho, que visa, ainda, defender os interesses da população e divulgar ações do Legislativo. Temos adotado um modelo de gestão pública responsável, realizando uma administração rigorosa e séria para o bom funcionamento da Câmara", completa o presidente da Casa de Leis, Roberto Carlos do Nascimento Tito (PSDB), o Carlinhos da Minercal. Diferente dos outros municípios, Mogi das Cruzes terá recesso de 15 dias. A partir da segunda quinzena de julho até o final do mesmo mês. A Câmara mogiana ainda não votou a LDO, mas concluirá o projeto antes das férias. Já a primeira sessão depois do recesso será na terça-feira, 1º de agosto, a partir das 15 horas. "Não haverá tramitação de projetos nem sessões extraordinárias no recesso. Temos um balanço positivo deste 1º semestre. Concluímos o concurso, realizamos o Parlamento Estudantil, que foi um sucesso, além de manter diversos trabalhos legislativos em andamento", adianta o presidente da Casa, pastor Carlos Evaristo da Silva (PSD).

Deixe seu Comentário

Leia Também