domingo 19 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

CIC Ferraz ganha escultura em homenagem à Cidadania

Escultura, desenvolvida pelo escultor ferrazense Pedro Cavalcante Gomes, o Peter Gomes, é representada por uma mulher negra que segura em suas mãos a Constituição Federal de 1988

09 dezembro 2022 - 17h55Por Edgar
O Centro de Integração da Cidadania de Ferraz de Vasconcelos vai inaugurar no sábado, dia 10 de Dezembro de 2022, a partir das 10 horas a escultura intitulada "Cidadania".
 
A escultura, desenvolvida pelo escultor ferrazense Pedro Cavalcante Gomes, o Peter Gomes, é representada por uma mulher negra que segura em suas mãos a Constituição Federal de 1988, que também é conhecida como a "Constituição Cidadã". A obra, feita em concreto, mede 1,70 metro de altura.
 
Para confeccionar a escultura, Gomes contou com a consultoria de diversos especialistas em cultura negra de Ferraz, incluindo a líder comunitária Vera Maria Fênix, os comunicadores Roni Roger e Erica Mendes, o diretor de teatro Edson Sanbernar, o advogado Clóvis Caetano e a professora Ione Maciel, todos eles atuantes no campo da promoção racial.
 
Os doadores da escultura são: o grupo de turismo social Nômades Turistas e o Grupo Cultural Olhos de Mel, que atuam na promoção da Cultura e do Turismo na região do Alto Tietê.
 
Segundo Edson Sanbernar, que foi quem teve a ideia inicial sobre a escultura, a importância de fazer uma escultura sobre a cidadania é importante para a promoção da cidadania e, ter essa escultura representada por uma mulher negra contribui para mostrar que todos merecem ser valorizados na cidadania. "O CIC de Ferraz é um lugar muito importante para a população e por isso foi o melhor lugar para a instalação dessa escultura que ajudará a valorizar a cidadania e a luta contra o preconceito racial", comentou o diretor teatral Edson Sanbernar.
 
O escultor Peter Gomes, que tem outras esculturas instaladas em lugares públicos de Ferraz, destacou que, embora ele seja o escultor, a obra aconteceu em razão de diversas pessoas que se uniram em torno de uma idéia e é importante que a cultura aconteça de forma coletiva como ocorreu.

Deixe seu Comentário

Leia Também