sexta 01 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/03/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Plano Verão

Cidades do Alto Tietê aguardam novas viaturas da Defesa Civil do Estado

Abertura da Operação Chuvas de Verão 2022/2023 entrega viaturas para 31 município paulistas

11 dezembro 2022 - 10h36Por Guynever Maropo - da Região

A Defesa Civil do Estado de São Paulo informou, na semana passada, que as cidades do Alto Tietê devem receber novas viaturas para o fortalecimento das Defesas Civis Municipais. Mas ainda não já previsão de entrega.

Na semana passada ocorreu a abertura oficial da Operação Chuvas de Verão 2022/2023, em São Paulo. Durante o evento 177 municípios paulistas participaram, e destes apenas 31 receberam viaturas.

Ao todo já foram entregues 478 viaturas, com um investimento de R$ 76 milhões para os municípios paulistas. “As cidades do Alto Tietê podem ser contempladas em outra oportunidade”.

Nos meses que antecederam a Operação Chuvas de Verão equipes volantes da Defesa Civil percorreram o estado capacitando os agentes de defesa civil municipal. 

Foram realizadas oito oficinas com aulas teóricas e práticas sobre como agir diante de ocorrências como deslizamento de terra, inundação, montagem de abrigo e gestão de crise. Ao todo foram capacitados cerca de 800 agentes municipais, que serão multiplicadores em suas regiões.

A Defesa Civil trabalha com medidas para minimizar os desastres e proteger a população, especialmente as que residem em áreas mais vulneráveis. O Estado conta com 813 instrumentos de identificação de risco, que atendem 322 municípios, sendo estes os que possuem maior vulnerabilidade para deslizamentos e inundações. 

Estes instrumentos de setorização e mapeamento de risco são oferecidos aos municípios por meio de estudos que além de estimar a potencial ocorrência de um evento adverso (deslizamentos de terra, inundações) também levam em conta as características dos elementos a ele expostos (pessoas, edificações) e seus possíveis impactos. Sua finalidade é fornecer subsídios para a gestão de riscos e a prevenção de desastres ao poder público municipal.

Inovações para 2022

Nos últimos meses os diretores da Defesa Civil vêm se reunindo com outros órgãos para discutir a implantação de novas tecnologias para prevenção de desastres e consequentemente preservação de vidas. Um exemplo disso é o monitoramento das encostas por sensores que captam a movimentação do solo e com isso emitem alertas para o Centro de Gerenciamento de Emergências da Defesa Civil. Já há um projeto piloto em andamento no município de Franco da Rocha.

Neste ano a população já conta com a emissão de alertas pelo Whatsapp. Agora, além do envio dos alertas por SMS 40199, as mensagens são recebidas pelo aplicativo de conversas instantâneas. Basta um cadastro enviando uma mensagem para o número 61-2034-4611 e seguir as orientações do chatbot.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também