quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Cinco das dez cidades utilizam Detecta com câmeras de monitoramento

Serviço ajuda identificar roubos, furtos e garantir segurança aos cidadãos, conforme informou as prefeituras

20 novembro 2022 - 21h00Por Guynever Maropo - da Região

Cinco das dez cidades do Alto Tietê fazem uso do Sistema Detecta com câmeras de monitoramento de 24 horas. O objetivo do sistema é criar uma “cerca virtual” no município. Os equipamentos ficam posicionados em pontos estratégicos nas entradas e saídas da cidade, para que as equipes de segurança possam acompanhar possíveis rotas de fuga.

As câmeras deste modelo lêem as placas dos veículos e identificam aqueles com queixa de roubo ou furto nos sistemas. 

No processo é disparado, imediatamente, um alerta para as forças de segurança (Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Polícia Civil) que alertam as viaturas de patrulha mais próximas ao local.

76

Suzano dispõe hoje de 76 câmeras de monitoramento e 32 do Sistema Detecta (em parceria com o governo estadual, para verificação de veículos em situação irregular) em vias e espaços públicos. O município também conta com 940 equipamentos nas escolas da rede municipal de ensino, também conectados com a Central de Segurança Integrada (CSI) para prevenir a segurança dos estudantes e professores.

Mogi das Cruzes tem 30 equipamentos de fiscalização eletrônica conectados ao sistema Detecta que contam com tecnologia de leitura de placas (LAP). As câmeras estão instaladas em todas as regiões da cidade, em vias de grande movimentação.

Ferraz de Vasconcelos tem 50 câmeras funcionando pelo sistema Detecta instaladas em pontos estratégicos. Há um projeto de ampliar o número de equipamentos.

Guararema também possui sistema de monitoramento interligado com o sistema Detecta. Por questão de segurança, os pontos onde os dispositivos estão instalados não são divulgados. 

O sistema Detecta de Itaquaquecetuba é gerido pela Polícia Militar (PM). Já a Guarda Civil Municipal (GCM) trabalha com o sistema Córtex, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O monitoramento de Arujá é composto de câmeras próprias na área central, sistema de monitoramento nas entradas do município é feito por empresa contratada.

Está em execução a instalação de 100 novas câmeras nos bairros. Arujá também tem convênio com Ministério da Justiça com o sistema Córtex, que pesquisa em tempo real os veículos com queixa de furto ou roubo.

Poá instalou recentemente 60 câmeras que fazem o monitoramento através do Centro de Segurança Integrada (CSI). O acompanhamento é feito pela Polícia Militar (PM) junto a Guarda Civil Municipal (GCM). No entanto, o sistema Detecta ainda está em fase de implantação.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também