quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Contrapartida eleva investimento de estação de tratamento para R$ 27,5 mi

Obra é resultado de uma contrapartida da iniciativa privada devido à expansão imobiliária na região

22 março 2023 - 22h00Por de Mogi
A região do Rodeio, em Mogi das Cruzes, ganhará um uma nova estação de tratamento de esgotos, a ETE Fazenda Rodeio, cujo primeiro módulo está em estágio avançado de obras. O investimento é de R$ 23 milhões. Como a obra é resultado de uma contrapartida da iniciativa privada devido à expansão imobiliária no entorno, que gerará crescimento habitacional, o total de obras de saneamento soma R$ 27,5 milhões, incluindo o abastecimento de água.
 
O trabalho é acompanhado e fiscalizado pelo Semae, que assumirá a estação de tratamento quando a unidade entrar em operação.
 
De acordo com a empresa responsável pelo investimento, “o novo projeto foi escolhido em virtude das diversas melhorias promovidas ao sistema, que produzirão um efluente com qualidade compatível com a legislação ambiental e proporcionarão a redução de área ocupada, menor consumo de insumos químicos, menor despesa operacional e energética, entre outros”. 
 
A ETE Fazenda Rodeio foi projetada em quatro módulos, cada um deles subdividido em duas unidades, totalizando oito unidades de tratamento. A capacidade total será de 320 litros por segundo (40 litros por segundo em cada). 
 
A previsão é de que a primeira unidade fique pronta ainda neste primeiro semestre.
 
Este é mais um investimento que resulta de contrapartida da iniciativa privada na região leste de Mogi das Cruzes. Além dos R$ 23 milhões da ETE, a área de abastecimento da Vila Suíssa, no distrito de Cezar de Souza, ganhará um reforço na distribuição de água com a construção de mais um reservatório, de 2,5 milhões de litros.
 
A unidade elevará a disponibilidade hídrica para 4,5 milhões de litros, já que se somará ao reservatório que opera atualmente. O investimento é de R$ 2,5 milhões.
 
No Sistema de Abastecimento da Vila Nova Aparecida, também em Cezar de Souza, está em construção mais um reservatório, de 2 milhões de litros, que elevará a disponibilidade hídrica para 6 milhões de litros. O investimento é de R$ 2 milhões.
 
Da mesma forma que com a Estação de Tratamento de Esgotos, as obras dos reservatórios são acompanhadas e fiscalizadas pelo Semae, que ficará responsável pela operação.

Deixe seu Comentário

Leia Também