segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Cure 192 de Mogi completa 475 mil atendimentos em seis anos

21 outubro 2017 - 10h30Por De Mogi
O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB), participou, na tarde desta sexta-feira (20), da solenidade em comemoração ao aniversário de seis anos de funcionamento da Central de Urgências, Remoções e Emergências da cidade – a Cure 192. Durante o evento, que foi realizado na sede da Cure, foi apresentado um balanço das atividades da Central desde sua inauguração, em outubro de 2011.
 
Entre outubro de 2011 e agosto de 2017, a Cure realizou 475.475 atendimentos, sendo 200.384 urgências e emergências. Já neste ano, entre janeiro e agosto, foram 53.870 atendimentos, sendo 24.117 urgências e emergências.
 
“Comemorar o sexto ano de um equipamento como este é fazer uma reflexão sobre o que temos e, principalmente, agradecer ao trabalho desenvolvido por cada um dos colaboradores envolvidos diariamente neste ofício. A Cure é um projeto de integração entre ambulâncias da Prefeitura, Samu e Corpo de Bombeiros que efetivamente salva vidas. Quando há integração, a conquista é de todos”, afirmou Marcus Melo.
 
O prefeito também falou sobre a expectativa do município quanto ao recebimento de novas viaturas para a troca da frota, o que deve acontecer, conforme regras estabelecidas, a cada cinco anos. “Temos um serviço que é referência nacional, portanto entendemos que devemos ser contemplados com novas ambulâncias. Fomos à Brasília e falamos com o Ministro da Saúde a respeito e vamos continuar nesta luta”, completou.
Além do atendimento emergencial, a Cure também fez, desde sua inauguração até agosto deste ano, 80.649 atendimentos eletivos, 79.547 remoções intermunicipais, 72.288 viagens para tratamentos de hemodiálise, 36.443 remoções de unidades básicas de saúde para outras unidades e 1.009 viagens para tratamentos de fissuras lábio-palatais.
 
“Deixo aqui meu agradecimento ao Corpo de Bombeiros, que nos recebeu em sua sede e aceitou o projeto de integração, à Pró-Saúde, que é responsável pela gestão do Samu e todos os funcionários que vivem este dia a dia, que não é fácil e requer muito comprometimento”, destacou o secretário municipal de Saúde, que também é presidente do Cresamu, Marcello Cusatis.