Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Indústrias do Alto Tietê geram 700 empregos neste ano, aponta pesquisa do Ciesp

Esse foi o sexto mês consecutivo de saldo positivo no nível de emprego industrial no Alto Tietê

Por Da Região11 SET 2017 - 17h55
Desempenho da indústria, no mês passado, mantém o Alto Tietê no grupo das 15 regiões do Estado que contabilizaram saldo positivoFoto: Arquivo/DS

As indústrias da região criaram 700 empregos neste ano. Somente no mês de agosto foram gerados aproximadamente 50 postos de trabalho. Esse foi o sexto mês consecutivo de saldo positivo no nível de emprego industrial no Alto Tietê. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (11) pela Diretoria Alto Tietê do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

A variação positiva de agosto foi de 0,11%, impulsionada principalmente pelo desempenho do setor de Veículos Automotores e Autopeças, que foi o que mais influenciou o resultado da região.

O desempenho da indústria, no mês passado, mantém o Alto Tietê no grupo das 15 regiões do Estado que contabilizaram saldo positivo  no último mês, enquanto as outras 21 apresentaram indicadores negativos. A média do Estado de São Paulo foi a mesma do Alto Tietê, porém, no negativo (-0,11%).

“A indústria do Alto Tietê vem apresentando uma reação lenta, mas contínua no nível de emprego. Um saldo de 50 empregos num mês, numa região que tem duas mil indústrias, pode parecer, a princípio, muito pouco. Mas tem permitido diminuir o acumulado, que já caiu para 250 nos últimos 12 meses. Nesse mesmo período do ano passado, a indústria da região apresentava nível de emprego de -0,96% e  tinha um saldo acumulado de quase -8%, o que correspondia a uma retração de 4,7 mil postos de trabalho”, avalia José Francisco Caseiro, diretor do Ciesp Alto Tietê.

“Não é a sétima maravilha, porém, a indústria da região tem conseguido apresentar uma reação contínua”, acrescenta.

O resultado de agosto do nível de emprego industrial do Alto Tietê foi alavancado principalmente pelo desempenho positivo dos setores de Veículos Automotores e Autopeças (1,12%); Produtos de Borracha e de Material Plástico (0,60%), Produtos de Minerais Não-Metálicos (0,11%) e Máquinas, Aparelhos e Materiais Elétricos (0,47%).

“A diversidade da indústria regional tem favorecido os resultados do Alto Tietê frente a outras regiões e tem permitido um equilíbrio melhor da balança, mesmo com alguns setores ainda com dificuldades de recuperação, enquanto outros, como é o caso de Veículos Automotores e Autopeças, melhoram seu desempenho influenciados pela reação do mercado. Agosto teve a melhor venda de veículos em 20 meses e isso reflete diretamente no desempenho da cadeia produtiva dessa indústria”, ressalta.  

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias