terça 28 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Itaquá lança projeto de primeiros socorros para pais de estudantes

Iniciativa oferece orientação em caso de engasgo, intoxicação, convulsão, queimadura, fratura e hemorragia

24 abril 2024 - 22h00Por De Itaquá

Uma das grandes preocupações de pais e mães é como agir em uma situação de emergência. Pensando em oferecer preparo aos responsáveis e mais segurança aos estudantes, a Prefeitura de Itaquaquecetuba lançou o projeto "Mãe instruída salva uma vida", uma iniciativa da Secretaria de Educação, por meio do Departamento de Educação Especial (DEE), em parceria com a Secretaria de Saúde.

O projeto leva às escolas equipes formadas por enfermeiros e fisioterapeutas da Secretaria de Saúde e socorristas do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) para discutir e orientar sobre os primeiros socorros. Inicialmente, 18 unidades escolares vão receber a iniciativa.

A primeira contemplada foi a Creche Jorge Camilo Dias, do Jardim Horto do Ipê. O grupo participou de uma palestra sobre a importância dos procedimentos corretos nos primeiros minutos de uma ocorrência com simulações de como as mães e pais podem fazer uma massagem cardíaca ou manobras em caso de engasgo, convulsão, queimadura, fratura, intoxicação e hemorragia.

A socorrista também orientou sobre como proceder até a chegada em um serviço de urgência como pronto-socorro, UPA e hospital, ou enquanto aguarda o Samu. Além disso, foi apresentada uma cartilha educativa sobre o tema. "Nossas políticas públicas ultrapassam os muros da escola porque é importante esse cuidado integral com as crianças" , destacou o secretário de Educação, José Rosa.

O projeto é inspirado na Lei Lucas, um menino de Campinas que faleceu após engasgar em um passeio escolar. A lei obriga a capacitação de professores e funcionários de escolas públicas e privadas, de ensino infantil e básico, sobre como fazer o primeiro atendimento, uma das medidas mais preventivas quando o assunto é acidente em ambiente escolar, mas Itaquá foi além.

"A cidade já realiza o preparo adequado de professores e demais funcionários das escolas para lidar com situações como essas, mas sentimos a necessidade de oferecer instrução adequada também aos pais dos estudantes, tanto para agir em situações de emergência ou para prevenção de acidentes. É crucial proteger a vida das crianças", ressaltou o prefeito Eduardo Boigues.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também