sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Mais de 18 mil eleitores têm título cancelado nas cidades da região

21 maio 2017 - 08h00

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou que 18.062 eleitores do Alto Tietê tiveram o título cancelado. Isso porque não regularizaram o documento até o último dia 2 de maio. O prazo para quitação da dívida dos turnos eleitorais foi aberto no dia 2 de março. Cada falta em uma eleição custava R$ 3,50. Apenas 587 eleitores normalizaram o título com a Justiça Eleitoral. Suzano, desde o início do procedimento de regularização tinha 4.791 títulos pendentes. Destes, apenas 159 quitaram a dívida. Outros 4.632 títulos foram cancelados. Já em Mogi das Cruzes, 4.668 títulos estavam na berlinda. Sendo que 4.498 caíram e somente 170 eleitores regularizaram o documento. Em Poá, 1.459 títulos estavam pendentes. Depois de dois meses até o prazo final, 51 foram regularizados e 1.408 continuaram em débito. Em Itaquaquecetuba, 3.511 deveriam quitar a dívida. Porém, apenas 85 foram ao cartório normalizar a situação do título e 3.426 tiveram o título cancelado. Ferraz de Vasconcelos obteve um grande número também, sendo que 1.992 eleitores precisavam regularizar o documento. Destes, 49 resgataram o título e 1.943 o perderam. Em Arujá, 918 eleitores estavam devendo à Justiça Eleitoral. Apenas 31 quitaram o débito. Já em Santa Isabel, 599 deveriam regularizar o documento. Porém, 23 fizeram o procedimento e 576 tiveram o título perdido. Salesópolis, desde o início tinha 131 títulos na berlinda. Destes, seis foram quitados e outros 125 não. Em Guararema, havia 304 títulos em risco de serem cancelados. Desses, seis regularizaram a situação e 298 tiveram o cancelamento. Biritiba Mirim registrou os menores números, com 276 eleitores em débito desde as eleições passadas, onde apenas sete quitaram a dívida. A chefe do cartório da 415ª Zona Eleitoral de Suzano, Izânia Alves do Nascimento, destacou a importância de regularizar o título e como a pessoa deve proceder para voltar a ter o título depois que ele foi suspenso. "Importante manter o documento sempre em dia, para não ter problema ao tentar tirar o passaporte e até mesmo com a justiça eleitoral. Aos que tiveram o título cancelado devem comparecer ao cartório que o atende, levar RG, comprovante de endereço e quitar o debito. Na ocasião, será feito a 2ª via do documento", enfatizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também