domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
No Alto Tietê

Pagamento de 13º a 151 mil aposentados vai injetar R$ 227 milhões na economia

Dados são referentes à Suzano, Mogi das Cruzes e Itaquaquecetuba e foram divulgados pelo INSS de São Paulo

06 agosto 2017 - 09h51Por Lucas Lima - Da região
O 13ª salário beneficiará 151.509 aposentados e pensionistas de três cidades do Alto Tietê. O valor total destinado será de R$ 227.191.793,05.  Os dados são referentes à Suzano, Mogi das Cruzes e Itaquaquecetuba, divulgado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de São Paulo. No final do último mês, o governo anunciou que os contemplados começam a receber a antecipação da primeira parte do abono anual a partir de 25 de agosto.
 
Em Suzano, 56.157 aposentados vão receber o benefício deste ano. O valor a ser pago na cidade é R$ 84.028.724,21. Mogi fica em primeiro, com o número maior de contemplados. São 78.208 beneficiários que receberão ao todo, R$ 119.070.269,69. Itaquá vem na última posição, com 17.144 aposentados e pensionistas, os quais serão pagos com R$ 24.092.799,15.
 
O extrato mensal de pagamento estará disponível para consulta na página da Previdência Social: www.previdencia.gov.br e nos terminais de autoatendimento da rede bancária junto com o extrato de pagamento de benefícios da folha de agosto.
 
Não haverá desconto de Imposto de Renda (IR) nesta primeira parcela. De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º somente é cobrado em novembro e dezembro, quando será paga a segunda parcela da gratificação natalina.
 
A maioria dos aposentados e pensionistas receberá 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.
 
Brasil
A expectativa é de que 29,4 milhões de beneficiários recebam a primeira parcela do abono anual que corresponde a 50% do valor do 13º, o que representa uma injeção extra na economia de pelo menos R$ 19,8 bilhões nos meses de agosto e setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também