sexta 01 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Mogi começa instalação de balanças rodoviárias para economia de insumos

28 março 2023 - 20h10Por de Mogi

A Secretaria de Infraestrutura Urbana está adquirindo duas balanças rodoviárias. Este tipo de equipamento é importante para garantir o controle de insumos adquiridos pela pasta, como brita ou areia, que são transportados por caminhões.

A primeira balança será instalada no pátio da secretaria e terá diversas funcionalidades. Além do controle e fiscalização dos insumos adquiridos, também será possível realizar a conferência de veículos, para checar se a capacidade máxima de carga permitida é respeitada, assim como o controle de saída dos insumos utilizados pelos departamentos da secretaria.

Já o segundo equipamento será instalado na estação de transbordo para a destinação de resíduos sólidos da cidade. Desta forma, será possível aferir a quantidade de carga que sai do município e fazer a conferência dos dados na chegada ao aterro sanitário.

As balanças terão funcionamento automatizado, com cancela, semáforo e câmera para reconhecimento de placa. Também serão equipadas com display informativo e fotocélula para garantir o correto posicionamento do veículo. Cada uma terá capacidade de 60 toneladas.

Com investimento de R$ 718 mil, a previsão é que a instalação das duas balanças seja concluída na segunda quinzena de maio. A empresa responsável pela instalação está concluindo a fundação para concretagem dos dois equipamentos. A próxima fase será a montagem das balanças e implantação das cabines de controle.

"Quando as duas balanças estiverem instaladas, todos os insumos serão pesados de acordos com as normas vigentes. Isso significa segurança e economia - os softwares de controle permitirão a emissão de relatórios e a análise destes dados nos possibilitará planejar a aquisição de insumos de forma a evitar qualquer desperdício," explicou o secretário de Infraestrutura Urbana, Alessandro Silveira.