Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 22 de março de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/03/2019
CENTERPLEX SUZANO

Mogi inicia construção do acesso entre avenidas Pedro Machado e Jardelina de Almeida Lopes

Por de Mogi10 MAR 2019 - 16h33
Obra, que tem orçamento de R$ 302.807,55 e previsão de conclusão dos serviços de até 90 dias, trará mais segurança aos moradores e melhorará a mobilidade urbana de toda a regiãoFoto: Junior Lago/PMMC
O prefeito Marcus Melo (PSDB) deu início ontem à construção da travessia entre as ruas Brincos de Princesa e Moacir Rodrigues Lopes, que criará uma ligação entre a Rua Jardelina de Almeida Lopes (Parque Santana) e Avenida Pedro Machado (Mogi Moderno). 
 
A obra, que tem orçamento de R$ 302.807,55 e previsão de conclusão dos serviços de até 90 dias, trará mais segurança aos moradores e melhorará a mobilidade urbana de toda a região.
 
"Há muitos anos que nós, moradores aqui desta região, reivindicávamos a construção deste acesso. É uma obra que vai melhorar muito a qualidade de vida de todos aqui. Até agora, para chegarmos ao posto de saúde da Pedro Machado, os moradores eram obrigados a dar uma longa volta. Demorava mais de 10 minutos de carro", destacou o síndico do Residencial Recanto dos Pinheiros, Willian Salles. 
 
Ele também enfatizou a questão da segurança que o novo acesso trará aos moradores. "Muitas pessoas, principalmente crianças, acabavam tendo que passar neste local para se deslocar até a escola e ao próprio posto. É um local escuro, com muito mato e perigoso. Estou muito feliz que o prefeito está iniciando a obra que há anos a gente brigava muito para acontecer", acrescentou o morador.
 
O prefeito Marcus Melo explicou que o projeto para construção da ponte já existia há anos, mas uma série de fatores impediram o início da obra. "Felizmente, conseguimos vencer todos os obstáculos, inclusive de licenciamento ambiental, e agora estamos iniciando esta obra tão importante que cria uma via de ligação entre a Jardelina e a Pedro Machado. Aos poucos, com paciência, estamos avançando, tornando Mogi uma cidade cada vez melhor".
 
Melo reforçou que a situação econômica do País ainda é um grande desafio para as Prefeituras executarem obras e serviços que são vitais para a infraestrutura das cidades.
 
"Minha vontade era executar todas as obras que a cidade precisa. Ainda temos, por exemplo, bairros que não possuem asfalto, como o Piatã 2, ou água encanada, que é o caso da Chácara Guanabara. Temos um projeto para melhoria da mobilidade urbana no acesso para a Apae, por exemplo, que já foi aprovado em todas as instâncias e agora estamos cobrando a Caixa Econômica para liberar o financiamento. Enfim, temos que ter paciência, pois acabamos de atravessar a pior crise da história do Brasil sem interromper nenhum serviço".
 
O vereador Protássio Nogueira lembrou que há mais de uma década cobrava a construção da ponte e a pavimentação do acesso. "Vários governos se passaram e agora, finalmente, a obra está saindo do papel. Mas é importante lembrar que não se trata de falta de comprometimento. Somente o licenciamento ambiental para construir a ponte neste córrego demorou seis anos para ser liberado", lamentou.
 
"O importante é que todos jamais desistiram de ver essa obra sendo realizada. O mérito é de todos".
O vice-prefeito Juliano Abe destacou que a Administração Municipal vem trabalhando muito para conseguir viabilizar obras e serviços importantes para a cidade. "Sou testemunha do trabalho do prefeito Marcus Melo e de toda a equipe para fazer cada vez mais. É um grande desafio que, apesar de todas as dificuldades, estamos vencendo, com muito trabalho, muita garra, muita dedicação. O Brasil passa sim por dificuldades, mas em Mogi o prefeito Marcus Melo conseguiu manter todos os serviços funcionando e ainda realizar obras importantes, como esta que estamos iniciando hoje".
 
Vila Jundiaí
 
No início da manhã de pmtem, o prefeito Marcus Melo esteve reunido com o vereador Jean Lopes e representantes de moradores da Vila Jundiaí e de todo entorno para discutir melhorias para a região. Uma novidade acertada é a implantação de uma câmera de monitoramento, cujo equipamento foi doado pela própria comunidade. 
 
"Mogi é uma boa cidade, mas ainda possui muitas demandas para serem resolvidas e o orçamento é limitado. Esta parceria do Poder Público e da comunidade é a melhor maneira para avançarmos e construirmos uma cidade melhor, que atenda aos anseios da população", agradeceu o prefeito.
Durante a reunião, o prefeito também lembrou investimentos feitos para melhorar, entre outros setores, a segurança e a saúde da cidade. 
 
"Estamos contratando a empresa que fará a maternidade municipal, que é uma necessidade urgenteda nossa cidade para que as futuras mamães mogianas possam ter tranquilidade na hora de dar à luz aos seus filhos. O prédio será erguido ao lado do Hospital Municipal para que as gestantes tenham toda a retaguarda necessária. Na segurança, vale ressaltar a criação das Patrulhas Maria da Penha, Rural e a Ronda Escolar. Para isso, contratamos 40 novos guardas, iremos chamar outros 40 aprovados em concurso e dobramos o número de viaturas da Guarda Municipal".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias