quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Mogi vai ampliar oferta de cursos profissionalizantes com o projeto Cozinhalimento

Curso é uma parceria inédita com o Governo do Estado de São Paulo

23 março 2023 - 18h00Por de Mogi

Em uma parceria inédita com o Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Agricultura e do Fundo Social, entregou na manhã de hoje (22) o Cozinhalimento, um dos maiores programas de segurança alimentar de São Paulo que vai fortalecer e ampliar a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos aos mogianos. 

A solenidade aconteceu na cozinha da Escola de Empreendedorismo e Inovação, no Centro, e contou com a presença das representantes do Governo do Estado Vanuzia Teixeira, coordenadora de Segurança Alimentar, e Katlly Sousa, nutricionista da equipe técnica do projeto. 

“Hoje é um dia muito especial e estamos aqui para celebrar e lembrar que o trabalho conjunto dá resultado! Parabenizo a todos os envolvidos. Uma das metas que temos aqui em Mogi é a de que ninguém passe fome e somente com ações faremos isso acontecer”, completou a vice-prefeita Priscila Yamagami Kähler.

Com a assinatura do convênio, a cidade recebeu R$ 60 mil, recurso que está sendo empregado para equipar a cozinha da Escola de Empreendedorismo. No local, poderão ser ministrados cursos de salgados, bolos, pães caseiros, receitas diets e muito mais.

“Esse equipamento é de extrema importância para o município e com certeza faremos um ótimo uso, melhorando o aproveitamento e ampliando os cursos de capacitação. Trabalhamos com prazer para aqueles que precisam de oportunidades”, ressaltou o secretário de Agricultura, Felipe Almeida.

Agora, Mogi das Cruzes entra para o hall dos cerca de 300 municípios paulistas que contam com o Projeto Cozinhalimento, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, e iniciará a capacitação de agentes multiplicadores das ações de segurança alimentar e nutricional sustentável e de incentivo à geração de renda. 

“Sempre que Estado e município se aproximam, são garantidos avanços para a comunidade. É o que acontece aqui em Mogi das Cruzes. Quem tem fome tem pressa e sem os municípios esse projeto não sairia do papel”, disse Vanuzia.

Deixe seu Comentário

Leia Também