Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 17 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/07/2019
CENTERPLEX HOMEM ARANHA 11 A 17/07/2019
PMMC AGASALHO
PMMC INVERNO

Moradores de Ferraz recolhem mais de 700 assinaturas pedindo retorno de subtenente

Ofício deve ser protocolado no Comando Geral da Polícia Militar reivindicando mais efetivo e viaturas na cidade

Por Marcus Pontes - de Ferraz08 JUL 2019 - 18h18
Documento reivindica retorno de oficial à 3ª Cia do 32º BatalhãoFoto: Divulgação
Um abaixo-assinado contendo 700 assinaturas de moradores de Ferraz de Vasconcelos pede o retorno do subtenente Rogério para a cidade. Ele foi transferido na semana passada e, atualmente, integra o quadro de policiais lotados em Suzano. 
 
A transferência não agradou à população da cidade, em especial de quem reside ou trabalha na Vila Romanópolis, região aonde está instalada a 3ª Cia do 32º Batalhão. 
 
A notícia trouxe perplexidade, já que o subtenente estava trabalhando na cidade há pouco menos de dois anos. O comerciante Alex Baxmann é um dos organizadores do abaixo-assinado.
 
Para ele, o tempo em que o oficial permaneceu trabalhando na cidade trouxe resultados satisfatórios, principalmente por ter participado de ações das quais resultou na recuperação de carros e motos roubadas, o combate ao narcotráfico, além de prender suspeitos de furtos e roubos.
 
“É um policial que tem nos ajudado. Ele gosta do que faz e a identificação com a cidade é nítida. Depois que ele foi transferido, a população logo reclamou”, disse.
 
Baxmann complementou dizendo que o trabalho do subtenente até fez com que uma pessoa mudasse a ideia de sair da cidade: “Estava tudo certo para ela se mudar, mas aí viu que o Rogério estava trabalhando e nos ajudando”. 
 
Segundo moradores, um ofício deve ser protocolado nos próximos dias pelo deputado estadual Rodrigo Gambale (PSL) reivindicando, além do retorno de Rogério, melhores condições à corporação na cidade.
 
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que o oficial foi realocado, em razão de um ajuste operacional. O texto diz que a medida não afeta o trabalho da unidade em Ferraz. Destacou ainda que, em conjunto com a Polícia Civil, as polícias executaram ações das quais resultaram na queda dos índices criminais de roubos de veículos (1,52%), roubo de carga (55,56%) e furtos de veículos (24,84%) na comparação de janeiro a maio com mesmo período do ano passado, além da prisão de 273 pessoas nos cinco primeiros meses do ano.
 
"O governo do Estado investe de forma constante no reforço do efetivo da Polícia Militar. Além de estarem em formação 5.728 pms, há concursos em andamento para o preenchimento de mais 5.590 vagas. Em junho, também foram nomeados 270 novos alunos-oficiais. A atual gestão também destinou R$ 136 milhões para a compra de 1.736 viaturas para a PM. Elas serão distribuídas para todas as regiões de São Paulo", finalizou o texto.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias