quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Morre Célia Augusta de Araújo, autora do Hino de Ferraz

Administração decreta luto de 3 dias e coloca bandeira à meio mastro

24 fevereiro 2023 - 12h00Por de Ferraz

Morreu aos 93 anos, Célia Augusta de Araújo, a mais antiga servidora da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos e autora do Hino da cidade. Ela estava na Casa de Repouso Aconchego da Maturidade, em Cotia, às 8h30, desta quinta-feira, 23. A administração irá decretar luto de 3 dias e colocará a bandeira à meio mastro.

Nascida em 8 de julho de 1929, ela passou a maior parte de sua vida em Ferraz de Vasconcelos, trabalhando na Prefeitura como chefe de Expediente. Organizou as primeiras edições da Festa da Uva, atuou na comunidade Católica e em causas sociais. Mas, sua principal paixão era a música. Formou-se em Canto Orfeônico e teve a colação de grau no Teatro Municipal de São Paulo, onde fez a regência do Coral – considerado o mais importante de São Paulo, tendo como paraninfo, o compositor brasileiro Villa Lobos.

Em 1959, ela se muda para Ferraz de Vasconcelos com a família. Ao frequentar a missa, ela se encanta com o coral e passa a tocar órgão e a reger o grupo. Depois de um período, Célia retorna à antiga casa da família em Santos e, com a profunda tristeza por deixar seus amigos e suas atividades, ela escreveu o Hino de Ferraz de Vasconcelos. “Visualizei um desfile passando na Avenida naquele município, com a Banda tocando um Hino. A melodia eu a ouvi na minha mente e senti uma forte emoção”, conta Célia em seu livro da autobiografia, referindo-se a composição do hino.

Em 2021, a Secretaria de Comunicação de Ferraz de Vasconcelos entrevistou Célia Augusta em sua residência e produziu um vídeo em homenagem à ela por conta das festividades do aniversário da cidade. Ela expressou o desejo de que as crianças cantassem o hino e ficou feliz por saber que todas aprendem na escola a letra que ela escreveu. 

Em todos os eventos oficiais da cidade é entoado o Hino à Ferraz e assim o será até o fim.

Deixe seu Comentário

Leia Também