quarta 19 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Na Bélgica, prefeito Marcus Melo conhece centro de pesquisa em reciclagem

Viagem não tem custos para a Prefeitura - cada integrante da comitiva paga suas despesas

27 abril 2019 - 14h06Por de Mogi

O prefeito Marcus Melo conheceu nesta sexta-feira (26) um centro de pesquisa em reciclagem de resíduos na cidade de Tournai, na Bélgica. Ao lado da comitiva mogiana, Melo foi recebido pelo prefeito Paul Olivier Delannois e conheceu a tecnologia utilizada no município belga. A passagem por Tournai é a última etapa da viagem de trabalho do prefeito mogiano para o Japão e a Bélgica, em busca de novos investimentos e parcerias para o município. A viagem não tem custos para a Prefeitura - cada integrante da comitiva paga suas despesas.

“A questão da destinação de resíduos é um tema importante e pudemos conhecer o que vem sendo feito de mais moderno no mundo, tanto no Japão como aqui, na Bélgica. Mogi das Cruzes está no caminho certo, pois o Recicla + Mogi nasceu a partir de um convênio com a cidade de Toyama e os índices do município cresceram de forma significativa desde então. Estamos em um processo de evolução e é salutar conhecer as tecnologias empregadas nesta área”, explicou Melo.

A parceria entre Mogi e Toyama ocorreu entre 2012 e 2014, quando foram desenvolvidas todas as ações do convênio de cooperação técnica para a implantação do Recicla + Mogi. Técnicos mogianos viajaram para o Japão e também receberam os colegas japoneses na cidade, para a criação e implantação do programa, que ajudou a cidade a elevar os índices de reciclagem de 0,5% em 2012 para 5% agora em 2019.

O programa vem evoluindo gradativamente, tanto que atualmente os bairros mogianos contam com coleta seletiva três vezes por semana, que é feita por um caminhão com cores específicas do programa. O material reciclado segue para a Usina de Triagem da Vila São Francisco, onde trabalham os agentes de triagem da Cata Sampa, cooperativa contratada pela Administração para o trabalho. Os agentes da Cata Sampa fazem a triagem, separação e encaminhamento do material para reciclagem.

Mogi das Cruzes construiu boas relações com a Bélgica desde 2014, quando a cidade recebeu a seleção de futebol do país europeu, durante a Copa do Mundo. Em 2016, Mogi das Cruzes e Tournai assinaram um tratado de irmandade. Outro exemplo é o Projeto Mogilínguas, uma parceria entre a Prefeitura e a Altissia International, especializada em projetos linguísticos flexíveis e inovadores. São oferecidos cursos de inglês, francês e espanhol. A plataforma é online, gratuita e os mogianos podem fazer mais de um curso ao mesmo tempo.

No dia 11 de abril deste ano, o cônsul-geral da Bélgica em São Paulo, Charles Delogne, foi homenageado com o título de Cidadão Mogiano. O cônsul teve papel importante na celebração do convênio de cidades-irmãs com Tournai e, em novembro do ano passado, comandou a visita de representantes de 10 países europeus à cidade. 

Deixe seu Comentário

Leia Também