segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Novo Fórum de Braz Cubas é inaugurado e vai melhorar qualidade do serviço à população

Prédio possui 10 mil metros quadrados de área construída e vai concentrar as varas criminais

19 outubro 2017 - 19h23Por de Mogi

O novo Fórum de Braz Cubas foi inaugurado nesta quinta-feira (19), em evento que contou com a presença do presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Paulo Dimas Mascaretti, e do prefeito Marcus Melo (PSDB). O prédio possui 10 mil metros quadrados de área construída e vai concentrar as varas criminais, enquanto as cíveis permanecerão no Fórum central. Com isso, a expectativa é de que o trâmite de processos melhore, assim como as condições de trabalho dos servidores e a qualidade do serviço à população.

Em seu pronunciamento, Melo lembrou o apoio da Prefeitura para que o novo prédio fosse construído: “Lembro-me bem, até porque na época era diretor do Semae e participei de todo o processo de cessão e preparação do terreno, que foi doado pelo município e precisava de ligações de água e esgoto. Foi um trabalho realizado em parceria com o Governo do Estado, que resultou em uma obra como esta, fundamental para que a população de Braz Cubas tenha um Fórum mais moderno e capaz de atender à demanda com conforto e qualidade na prestação dos serviços”, disse.

A participação da Prefeitura na construção do edifício vem desde 2011, quando a empresa Placo devolveu ao município o terreno, que possui um total de 15 mil metros quadrados e que havia sido doado à empresa em 1996. No mesmo ano, foi celebrado o protocolo entre a Prefeitura e o Estado para a construção do novo prédio. As obras foram licitadas pelo Governo do Estado e tiveram valor total de R$ 8,7 milhões, com prazo de execução de 12 meses. O início foi em janeiro de 2013.

Houve problemas na execução do contrato, que acabou sendo suspenso em 2014. Em fevereiro de 2015, após nova iniciativa da Prefeitura, o trabalho foi retomado. A construção do prédio foi concluída em dezembro de 2016. No dia 19 de abril deste ano, o governador Geraldo Alckmin esteve em Mogi das Cruzes e fez a entrega do edifício ao Tribunal de Justiça, ao lado do prefeito Marcus Melo.

O prefeito mogiano destacou ainda que a Administração Municipal tem trabalhado para oferecer todo o apoio possível ao Poder Judiciário na cidade. Exemplos desta parceria são o apoio na instalação e manutenção dos dois Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), que funcionam no CIC Jundiapeba e na UMC. Os dois foram inaugurados em 2012 e realizam, em média, 600 conciliações por mês (300 em cada unidade). Além disso, a Prefeitura cede 25 servidores ao Poder Judiciário, que trabalham nas unidades do Cejusc, no Ministério Público e nos Fóruns.

Prestigiaram a inauguração desta quinta-feira os deputados estaduais André do Prado e Marcos Damásio, além do presidente da Câmara Municipal, Carlos Evaristo, e o vereador Edson Santos. Juízes, advogados e funcionários do Judiciário também acompanhavam o evento.