Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sábado 21 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/10/2017
mrv

Novo Mapa do Turismo é divulgado, 10 cidades do Alto Tietê se mantêm no ranking

Além de Guarulhos, apenas Ferraz de Vasconcelos não faz parte do quadro

Por Pâmela Queiróz - Da Região25 SET 2017 - 08h00
Suzano estão classificados na categoria C. Templo budista é um dos pontos turísticos da cidadeFoto: Arquivo/DS

O novo Mapa Turístico Brasileiro foi divulgado pelo Ministério do Turismo. São Paulo entrou no ranking com 432 municípios. O Alto Tietê manteve as 10 cidades que já estavam incluídas no ano passado. Dos dez municípios da região, além de Guarulhos, apenas Ferraz de Vasconcelos não faz parte do quadro.

De acordo com o balanço, a participação do estado aumentou cerca de 95% com a incorporação de novas cidades de potencial turístico. Para se ter uma ideia, o número de municípios paulistas incluídos nesta nova versão da ferramenta saltou de 222 para 432, distribuídos em 51 regiões turísticas.

O crescimento dos números é resultado de um amplo trabalho de conscientização do Ministério do Turismo junto aos gestores municipais e estaduais a respeito da necessidade de identificação e classificação das cidades para que as políticas públicas e investimentos sejam mais adequados à realidade de cada região.


 “O mapa é um instrumento muito importante para gestão, estruturação e promoção dos destinos. Por isso, trabalhamos para que ele esteja sempre atualizado, garantindo que os municípios que queiram desenvolver o turismo como uma atividade econômica, tenham prioridade dentro das políticas e ações do MTur”, afirma o ministro do Turismo, Marx Beltrão.


Categorização

Segundo o novo mapa, 147 municípios do estado estão nas categorias A, B e C, que contemplam aqueles que concentram o fluxo de turistas domésticos e internacionais. Os demais, 285 municípios, figuram nas categorias D e E. Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo, no entanto, alguns possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem.
 

Alto Tietê

Na região, Guarulhos e Mogi das Cruzes, estão na categoria B. Arujá, Guararema, Itaquaquecetuba e Suzano estão classificados na C, as demais entraram na letra D. As posições demonstram que a maior parte das cidades do Alto Tietê concentra o fluxo de turistas domésticos e internacionais. No último ano, quase todos os municípios estavam entre as mesmas categorias, B, C e D, apenas Arujá, Biritiba Mirim e Guararema ficam entre C e D.

Em todo o país, foram listados 3.285 municípios em 328 regiões turísticas, um crescimento exponencial em relação ao Mapa de 2016, quando foram registradas 2.175 cidades em 291 regiões. A atualização periódica do Mapa faz parte de uma estratégia do Plano Brasil + Turismo, lançada neste ano pelo ministro Marx Beltrão para fortalecer o setor de viagens no País. De acordo com o Plano, a partir de 2017 o Mapa passa a ser atualizado a cada dois anos.

 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias