sábado 24 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Chuvas em Mogi

Operação Verão em Mogi é prorrogada até dia 15 devido à previsão de chuvas

Prorrogação foi decidida devido à previsão da passagem de uma frente fria pelo estado de São Paulo

03 abril 2023 - 07h40Por De Mogi

O Governo do Estado prorrogou até o dia 15 de abril a realização da Operação Chuvas de Verão em todos os 177 municípios que fazem parte do Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC). A medida foi anunciada na manhã de sexta-feira (31/03) e é válida para Mogi das Cruzes.

A prorrogação foi decidida devido à previsão da passagem de uma frente fria pelo estado de São Paulo, com a possibilidade de fortes chuvas. De acordo com o Governo do Estado, a manutenção da Operação Chuvas de Verão possibilita pronta resposta aos municípios, em caso de ocorrências.

“Com a previsão da possibilidade de fortes chuvas, identificada pela Defesa Civil do Estado, é importante que a Prefeitura e todos os órgão de atendimento estejam mobilizados no monitoramento das áreas de risco e para atender a população em caso de necessidade”, explicou o secretário municipal de Segurança, Toriel Sardinha.

Em Mogi das Cruzes, a Operação Verão foi iniciada em 1º de dezembro, com previsão para término nesta sexta-feira (31/03). Neste período, o atendimento a problemas causados pelas chuvas é prioridade da estrutura da Prefeitura e demais órgãos participantes. O trabalho é coordenado pela Defesa Civil do município, que mantém contato contínuo com a Defesa Civil do Estado, faz o acompanhamento das previsões meteorológicas e intensifica o monitoramento das áreas de risco, por meio de vistorias ou das câmeras de monitoramento, com apoio da Guarda Municipal. O trabalho da Operação Verão também conta com a participação de diversas secretarias municipais, do Samu, Semae, Guarda Municipal, Defesa Civil do Estado, Corpo de Bombeiros, Cetesb, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), Tiro de Guerra, Sabesp, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e da concessionária de energia elétrica EDP. 

Durante o atual período de chuvas, 800 famílias foram atendidas, somando mais de 2.400 pessoas, em especial no mês de fevereiro. A Secretaria Municipal de Assistência Social forneceu itens essenciais, como alimentos, cobertores, produtos de limpeza e higiene e também procedeu com inscrições de pessoas no Cadastro Único, para potencialmente inseri-las em programas de transferência de renda.

Também foi ofertado abrigamento temporário a todos que precisaram. O número total de pessoas que precisaram desse último recurso foi de cerca de 30, com oscilações diárias no número de atendidos, porém esta situação em específico está superada. 

Deixe seu Comentário

Leia Também