sexta 12 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Poá inaugura Banco de Perucas para pessoas em tratamento de câncer

Espaço está instalado na Rua Fernando Pinheiro Franco, 141, no Centro

05 setembro 2017 - 17h47Por de Poá

A Prefeitura de Poá, em parceria com a ONG Cabelegria, inaugurou na manhã dessa terça-feira (5) o Banco de Perucas. O projeto pioneiro no Alto Tietê vai oferecer perucas à pacientes de todas as idades que estão em tratamento de câncer. Participaram do evento a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andressa Lopes, a secretária da Mulher, Jeruza Reis, entre outras autoridades. O espaço está instalado na Rua Fernando Pinheiro Franco, 141, no Centro, e vai atender pessoas de toda região. 

“É um trabalho lindo e maravilhoso da ONG Cabelegria. Tive a oportunidade de conhecer a iniciativa e conseguimos trazer primeiro o Banco de Perucas Móvel para Poá, que realizou uma ação na cidade em maio e agora teremos um espaço fixo no município. Além de todo o sofrimento com o tratamento do câncer, a autoestima do paciente fica bastante abalada com a queda do cabelo e o acesso às perucas ajuda muito”, explicou Jeruza.

O Banco de Perucas possui uma prateleira com diversos modelos e bancada com espelho. “Os pacientes em tratamento de câncer poderão experimentar a peruca que melhor se adeque a cada um. Projeto que oferece serviço gratuito e a custo zero para o Poder Público”, acrescentou. 

Cabelegria

A Cabelegria nasceu em outubro de 2013, quando as amigas Mylene Duarte e Mariana Robrahn começaram um projeto com o objetivo central de ajudar crianças com câncer. As ações realizadas pela ONG são simples: basta doar um pouquinho de cabelo para que as peruquinhas possam ser feitas e doadas.
 
A ONG confecciona mais de 100 perucas mensalmente. São necessários cerca de 300 gramas de cabelo para se confeccionar uma peruca. Atualmente, o Cabelegria conta com mais de 80 mil doações de todo o mundo. “Muito feliz pela instalação da terceira unidade do nosso Banco de Perucas, que foi pensado para trazer as perucas de uma maneira mais leve para os pacientes. O primeiro espaço foi implantado em outubro de 2016 e desde então estamos buscando parceiros para expandir o trabalho e deu certo com Poá”, comentou Mariana Robrahn.

De acordo com a idealizadora do Cabelegria, para retirar as perucas em Poá o paciente precisará fazer um cadastro. “A partir disto vamos aprovar esta ficha. Porém, o solicitante também precisa apresentar um laudo médico, um comprovante de quimioterapia e um documento de identificação. Reforçando que atendemos também pessoas com outras doenças, além das em tratamento de câncer”, acrescentou Mariana Robrahn.

A inauguração do Banco de Perucas contou ainda com a presença do vereador de Suzano, Lisandro Frederico e de representantes da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Poá e Centro de Convivência e Apoio ao Paciente com Câncer (Cecan), de Mogi das Cruzes.

Deixe seu Comentário

Leia Também