Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 21 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/10/2019
CENTRO ONCOLÓGICO
São Paulo Secretaria da educação
Villa Europa
Região

Poá realizará audiência pública sobre eleição do Conselho Tutelar neste sábado

Durante evento, os candidatos ao cargo de conselheiro terão a oportunidade de apresentar suas propostas para a comunidade presente

Por de Poá12 AGO 2019 - 17h00
Poá realizará audiência pública sobre eleição do Conselho Tutelar neste sábadoFoto: Flavio Aquino/ComunicacaoPoá

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Poá (CMDCA), por meio da comissão responsável pelo processo eleitoral para o Conselho Tutelar da Estância Hidromineral de Poá, gestão quadriênio 2020/2024, realiza no próximo dia 17 de agosto, às 10 horas, na Câmara de Vereadores, audiência pública para apresentar os candidatos ao cargo de conselheiro. A atividade deve contar com a participação de representantes do Ministério Público, Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, representantes de entidades governamentais e não-governamentais e comunidade.

Durante o evento será abordado sobre o andamento do processo de escolha para membros do Conselho Tutelar e os postulantes ao cargo de conselheiro terão a oportunidade de apresentar suas propostas para os presentes. No último dia 22 de julho, os candidatos, fiscais, entre outros, já haviam sido informados sobre as condutas que serão proibidas durante o período de campanha e no dia da votação (6/10/2019) e sobre a realização das audiências públicas, a primeira no dia 17 de agosto e a segunda no dia 2 de setembro, às 14 horas, na escola José Antonio Bortolozzo (Kemel).

Importante ressaltar que todo processo eleitoral é fiscalizado pelo Ministério Público, pela Comissão Organizadora e pelo  Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Poá. 

Eleição

dO processo de eleição destina-se a eleger conselheiros tutelares e seus suplentes. Os requisitos necessários para candidatar-se ao cargo foram: reconhecida idoneidade moral, mediantes comprovação através de Certidão Negativa de antecedentes criminais das Justiças Estadual e Federal; comprovação de experiência profissional, não voluntária, de no mínimo dois anos em trabalho direto na área de defesa ou atendimento dos direitos da criança, do adolescente ou da família; ter idade igual ou superior a 21 anos no ato da inscrição; residir no município de Poá nos últimos dois anos, com a devida comprovação; ter concluído o Ensino Médio até o ato da inscrição; estar em gozo de seus direitos políticos; não ter sido penalizado com destituição de Conselho Tutelar nos últimos cinco anos que antecedem a eleição.

O Conselho Tutelar será composto por cinco membros efetivos. Os conselheiros receberão, a título de pró-labore da função, o valor mensal de R$ 2 mil. Todos os candidatos regularmente inscritos que participarem do processo eleitoral e tiverem votos válidos a partir da 6ª colocação serão classificados como suplentes por ordem de votação. 

Órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, o Conselho Tutelar é encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, com atribuições definidas, em especial pelos artigos 136 e 137 da Lei Federal nº 8.069/90.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias