sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Poá reúne especialistas para discutir Plano Diretor de Turismo

28 julho 2017 - 08h50Por De Poá
A Casa do Artesão Agnei Pires Barbosa em Poá recebeu, na quinta-feira (27), uma oficina para discutir a primeira etapa de elaboração do Plano Diretor de Turismo. A ação teve o objetivo de apresentar os pontos fortes do município em relação ao Turismo. O documento vai apontar as diretrizes para promoção do desenvolvimento econômico e social do setor turístico em Poá. 
 
Participaram da atividade o secretário de Turismo, Ronaldo Florido de Oliveira e técnicos da pasta, membros do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), artesãos da cidade, população, e profissionais da Urbatec, empresa focada em apresentar soluções para o desenvolvimento sustentável de destinos e municípios com potencial turístico.
 
"Nesta etapa está sendo elaborado o inventário do Turismo nos moldes do InvenTUR, do Ministério do Turismo. Durante a oficina os participantes apresentaram os pontos fortes de Poá, com destaque a água, os eventos e a religiosidade e também nossas potencialidades, como o Parque das Águas, o artesanato e a gastronomia", comentou o secretário Ronaldo Florido de Oliveira.
 
No início de julho, o prefeito Gian Lopes (PR) assinou o termo contratual para contratação de empresa especializada na elaboração e criação do Plano Diretor de Turismo. 
 
Novas empresas
 
Na tarde da última quarta-feira, Florido participou de reunião com o presidente da Câmara de Comércio do Mercosul e União Latino América, Alexandre Arnome, para discutir a possibilidade da instalação de um centro empresarial em Poá e sobre a criação de um polo de produção e distribuição de chocolate no município.
 
"A administração municipal tem atacado em diferentes frentes para trazer novos investidores. Temos conversado com empresários e representantes de diferentes órgãos, para impulsionar o desenvolvimento econômico do município. Investimentos de empresas gera maior arrecadação e também uma demanda maior de empregos", concluiu Florido.

Deixe seu Comentário

Leia Também