sexta 12 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Prefeito Gian Lopes pede união de esforços em audiência pública para enfrentar crise

Atividade aconteceu para discutir a crise financeira instalada na cidade, após a mudança na lei do Imposto Sobre Serviços (ISS)

08 agosto 2017 - 12h02Por de Poá
“O momento é de somarmos esforços para o enfrentamento da crise. Devemos nos unir. Executivo, Legislativo e a população, independente de posicionamento político. Poá deve ser nossa prioridade”, afirmou na noite da segunda-feira (7) o prefeito Gian Lopes (PR), durante audiência pública realizada no plenário da Câmara.
 
A atividade discutiu a crise financeira instalada na cidade, após a mudança na lei do Imposto Sobre Serviços (ISS) aprovada no final de maio no Congresso, que vai tirar dos cofres do município aproximadamente R$ 140 milhões por ano. Participaram do evento representantes do Executivo, Legislativo, de entidades sociais, sociedade civil e população.
 
“Foi uma atividade importante para apresentarmos alguns números para população, para falar o que aconteceu em Poá nos últimos anos. Reforçamos que estamos trabalhando muito, lutando muito e que todas as medidas jurídicas para reverter a decisão quanto a mudança na lei do ISS foram tomadas. Também estamos conversando com deputados, senadores e todos estão se comprometendo para ajudar o município. Então estão acontecendo uma série de ações e tenho certeza que em breve teremos notícias positivas”, comentou Gian.
 
O chefe do Executivo ainda afirmou que a partir deste evento na Câmara, a administração municipal vai realizar uma série de audiências públicas na cidade para discutir com a população os melhores caminhos a serem seguidos. “Impossível perder 140 milhões no orçamento por ano, e não sentirmos algumas mudanças. Porém, podem ter certeza que eu, o vice-prefeito, vereadores, secretários, estamos lutando para tentar reverter essa situação.”
 
O vice-prefeito Marcos Ribeiro da Costa (PDT), o Marquinhos Indaiá disse que a administração municipal conta com o apoio da população para enfrentar a crise financeira instalada no município. “Precisamos trabalhar com gestão e com eficiência. Também queremos ser parceiros dos munícipes para, juntos, superarmos definitivamente tudo isso e melhorarmos a qualidade de vida da nossa população". 
 
Audiência pública
Na audiência pública a Comissão Municipal de Reorganização Financeira e Administrativa do município, instituída pela portaria nº 39.489/2017, fez ampla exposição sobre as circunstâncias que envolvem a perda de arrecadação. Secretários de diferentes pastas fizeram uso da palavra e vereadores e o público presente também tiveram a oportunidade de realizar questionamentos e apresentar sugestões.
 
A audiência pública também abrangeu os reflexos diretos e imediatos a serem suportados pelas secretarias municipais, oportunidade em que os representantes das pastas e equipe técnica, abordaram as consequências após a mudança na lei do ISS.
 
Com a votação no Congresso foi alterada a forma de recolhimento do ISS: hoje, ele é feito pela cidade onde a empresa tem sede, mas passará a ser cobrado no local de prestação do serviço. No município de Poá, o Itaú representa aproximadamente 40% de toda a receita corrente. A cidade é sede das operações de cartões e de leasing do banco e perderá esses recursos a partir do mês de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também