terça 23 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Prefeitura de Poá realiza “Mamaço na Praça” nesta sexta-feira

Iniciativa tem como objetivo finalizar as ações da Semana do Aleitamento Materno, que aconteceu no município para reforçar a importância na amamentação até os seis meses de vida

21 agosto 2017 - 17h29Por de Poá
Poá vai realizar nesta sexta-feira (25), às 15 horas, o primeiro "Mamaço na Praça", em frente à Câmara de Vereadores. A iniciativa tem como objetivo finalizar as ações da Semana do Aleitamento Materno, que aconteceu no município para reforçar a importância na amamentação dos bebês até os seis meses de vida.
 
Segundo o vice-prefeito e secretário de Saúde, Marcos Ribeiro da Costa (PDT), o Marquinhos Indaiá, incentivar o aleitamento materno em Poá, mostrando os benefícios reais da nutrição natural e a importância da rede de apoio, tem sido uma prática constante. “Então a realização da Semana do Aleitamento Materno e do ‘Mamaço na Praça’ são atividades para reforçar o trabalho que já está acontecendo no município”, comentou.
 
A diretora de Atenção Básica de Saúde, Rose da Cruz Barbosa, explicou que as unidades de saúde de Poá estão realizando uma programação especial para as mães, pais, crianças e todos que apoiam a causa e que o “Mamaço na Praça” fecha com chave de ouro os trabalhos. “Na sexta-feira vamos nos reunir em frente à Câmara de Vereadores e seguiremos em caminhada para Praça da Bíblia, onde será realizado o mamaço”.
 
O leite materno tem todos os nutrientes necessários para os bebês, por isso a Organização Mundial de Saúde indica o aleitamento exclusivo até os seis meses de idade e a manutenção dele, aliado à alimentação complementar, até dois anos ou mais. “Os benefícios para a criança que é amamentada são inúmeros. Nosso objetivo é de esclarecer e chamar a atenção para esta importância e orientar e auxiliar as mães”, explica Rose.

Deixe seu Comentário

Leia Também