terça 23 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Obras

Primeira audiência pública para construção do Ferroanel acontece nesta terça-feira

Obra vai interligar as estações de Perus, em São Paulo, e Manoel, em Itaquaquecetuba

25 julho 2017 - 14h07Por da Região

Arujá recebe nesta terça-feira (25) a primeira audiência pública do Contorno Ferroviário da Região Metropolitana de São Paulo, o Ferroanel. A obra vai interligar as estações de Perus, em São Paulo, e Manoel, em Itaquaquecetuba. A implantação possibilitará que trens de carga sejam desviados das linhas convencionais, eliminando o conflito entre cargas e passageiros nos trilhos da metrópole.

As projeções indicam que o Ferroanel Norte vai resultar na retirada a médio prazo de 2,8 mil caminhões/dia das estradas. E ainda existe a possibilidade de que esse número supere 7,3 mil caminhões/dia ao longo do tempo. A implantação vai permitir que não haja conflito entre os trens de carga e os da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O novo ramal, cuja extensão inclui 4,74 quilômetros no município de Arujá, permitirá a movimentação de cargas do interior do Estado para o Porto de Santos, bem como a passagem de comboios entre o interior e o Vale do Paraíba. A transposição da Região Metropolitana de São Paulo em uma via dedicada terá a função de transferir cargas, hoje rodoviárias, para o modo ferroviário.

Antes das audiências, o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) do Trecho Norte do anel ferroviário foi entregue em junho ao Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema).

O EIA e o Rima servirão como base para as análises de viabilidade ambiental do empreendimento e sua discussão com a população. O Estudo foi preparado pela Desenvolvimento Rodoviário S/A (DERSA), empresa vinculada ao governo estadual, com recursos repassados pela EPL, empresa pública federal. Os documentos já estão disponíveis para consulta no website da Dersa, da Cetesb e da EPL.

Para seguir as consultas sobre o Ferroanel, os quatro municípios beneficiados com a obra sediarão audiências públicas. Depois de Arujá será a vez, pela ordem, de Itaquaquecetuba, São Paulo e Guarulhos receberem audiência. Os quatro municípios fazem parte do traçado do Ferroanel Norte, ramal ferroviário de 53 quilômetros de extensão.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também