Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Sabesp anuncia retomada de obras de saneamento em bairros de Mogi

Anúncio foi feito, na tarde desta terça-feira (19), pelo diretor-presidente da companhia, Jerson Kelman, na sede da empresa, em São Paulo

Por De Mogi20 SET 2017 - 10h45
Prefeito de Mogi se reuniu com representantes da SabespFoto: Ney Sarmento/PMMC
A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) vai retomar a licitação para construção de coletores-tronco e estações de bombeamento que atenderão o Jardim Margarida e Jardim Felix e Milton, que integram as obras de esgotamento sanitário nos chamados “Bairros da Divisa”, no limite de Mogi das Cruzes com Suzano e Itaquaquecetuba. O anúncio foi feito, na tarde desta terça-feira (19), pelo diretor-presidente da companhia, Jerson Kelman, na sede da empresa, em São Paulo, durante reunião com o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB), que levou ofício solicitando a obra, que é tão aguardada pelos moradores daquela região.
 
De acordo com a estatal, o processo licitatório deve ser concluído em seis meses. A previsão é de que as obras sejam realizadas em um ano, a partir da assinatura do contrato com a empresa vencedora. Com isso, os coletores e estações devem ser implantados até o final de 2019. Posteriormente, a Sabesp fará uma nova licitação para as redes que serão ligadas aos coletores. A Prefeitura e a Sabesp possuem um contrato de concessão para os Bairros da Divisa desde 2002, quando a companhia paulista iniciou o fornecimento de água à região.
 
Em 2012, um novo convênio foi assinado e ampliou a concessão também para o esgotamento sanitário, e que prevê a instalação de 58,5 quilômetros de redes, 15,6 quilômetros de coletores-tronco e duas estações de bombeamento e recalque. Além do Jardim Margarida e Jardim Felix e Milton, futuramente também serão beneficiados os demais bairros da região, que juntos têm uma população de aproximadamente 13 mil pessoas. O investimento total previsto é de R$ 38 milhões. Como a região possui geografia marcada por aclives e declives, as obras são mais complexas de serem executadas. O esgoto coletado no Jardim Margarida e Jardim Felix e Milton será encaminhado para a Estação de Tratamento da Sabesp, em Suzano.
 
O prefeito também solicitou desconto na conta que o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) paga para a Sabesp (é que cerca de 35% da cidade é abastecido pela autarquia com água comprada da estatal, que também trata o esgoto da região oeste de Mogi). “Recentemente, a empresa concedeu desconto de 20% na conta para municípios que estavam inadimplentes. Mogi das Cruzes está com suas contas em dia, por isso entendemos que também temos direito ao benefício. O presidente Kelman foi receptivo e concordou com o desconto também para Mogi”, afirmou Melo. Atualmente, a média mensal paga pelo Semae à Sabesp é de R$ 2,5 milhões para fornecimento de água e R$ 700 mil para tratamento de esgoto.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias