sexta 14 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Poá

Saúde realiza mutirão contra o Aedes aegypti na Vila Perracine

Será feita a distribuição de material informativo, sementes de Crotalaria, além da oferta da tela protetora para caixa d´água

08 maio 2019 - 23h52Por de Poá
A programação de mutirões de combate ao Aedes aegypti, transmissor das doenças dengue, zika e chikungunya, tem continuidade no sábado (11), na Vila Perracine. Os agentes de Controle de Endemias e Comunitários realizarão vistorias completas nos quintais e terrenos baldios em busca de focos do mosquito. Vila Júlia (18/5) e Jardim Santa Luiza (25/5) também contarão com o trabalho.
 
A prevenção e combate ao Aedes aegypti estão sendo intensificados pela Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, com os mutirões, que já aconteceram nos bairros: Nova Poá, Vila Varela, Calmon Viana, Jardim Débora/São José, Jardim América, Vila Jaú/Vila Bandeirantes, Vila São Francisco, Jardim Emília e Cidade Kemel. 
 
Segundo o vice-prefeito e secretário de Saúde de Poá, Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos da Indaiá, os mutirões são extremamente importantes, já que é feito um trabalho de conscientização da população.
 
“O trabalho de combate e prevenção é realizado diariamente pela equipe da Vigilância e o mutirão intensificará as ações que são realizadas periodicamente”.
 
De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Fabiani Ferri, durante as visitas é feito a distribuição de material informativo, sementes de Crotalaria (flor que atrai a Libélula, predador natural do mosquito Aedes aegypti), além da oferta da tela protetora para caixa d´água, com o objetivo de evitar o contato do mosquito com água limpa e parada. 
 
“A conscientização é muito importante no combate de doenças. Por este motivo vamos intensificar as ações nos bairros mais populosos da cidade”.
 
Além dos mutirões, as equipes de agentes de Controle de Endemias realizam inspeções, denúncias, vistorias em locais públicos, palestras e a cada trimestre a avaliação de Densidade Larval (ADL) com o objetivo de mapear os principais pontos de atuação do Aedes aegypti em Poá.

Deixe seu Comentário

Leia Também