domingo 14 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Secretaria de Agricultura implanta projeto de recuperação de estradas

Secretário Renato Augusto Abdo falou sobre programa que visa recuperar estradas de escoamento dos produtos agrícolas

22 agosto 2017 - 07h33Por Marília Campos - De Mogi
A secretaria de Agricultura de Mogi das Cruzes criou o programa "Novos Caminhos", em parcerias com outras pastas, a fim de recuperar as estradas de escoamento dos produtos agrícolas no município. A informação foi cedida ontem pelo secretário Renato Augusto Abdo durante entrevista ao jornalista Ayl Marques, na programação da rádio SP/Rio 101.5 FM, uma emissora da Rede DS de Comunicação. Abdo ainda falou sobre a vontade de implantar um evento voltado às tecnologias do agronegócio, a partir do ano que vem. 
 
De acordo com o secretário, as condições das estradas de escoamento em Mogi é sempre um ponto polêmico, uma vez que as chuvas e os veículos pesados acabam por deteriorar as vias de acesso. "A gente criou, em parceria com as pasta de Serviços Urbanos, Planejamento, Transportes, Educação e Segurança, o programa chamado 'Novos Caminhos'. Então, a gente inventariou e já temos os trechos (das estradas) de alto nível crítico, ruins e bons. Conseguimos assim ter foco na administração dos recursos, que são escassos. Acaba tendo uma efetividade na aplicação de recursos".
 
Abdo pontuou que o projeto consegue resolver as situações mais críticas e beneficia toda a população local. "Para que o produtor consiga escoar a safra e, além disso, a comunidade rural, mais o transporte rural e público começam a ter uma estrada de maior qualidade", disse. "Buscamos, através deste programa, recursos do Governo Federal. O programa está habilitado no Ministério, esperando que o recurso chegue para que consigamos comprara mais máquinas para fazer mais manutenções constantes das estradas, porque garante vida longa à estrada". 
 
Para o secretário, o uso da tecnologia deve ser incentivado nas produções agrícolas do município, a fim de amenizar os impactos das mudanças climáticas. Por isso a administração investe na viabilização de linhas de crédito e financiamento aos produtores. Além disso, a pasta também almeja a criação de um evento voltado à temática. "Grande parte da tecnologia introduzida vem da colônia japonesa, que também realiza o Akimatsuri e o Furusato Matsuri. A gente tem dado apoio para que as festas aconteçam, elas representam a colônia como um todo, mas a gente vem pensando algo mais informatizado para que a gente possa, a partir do ano que vem, ter uma feira tecnológica voltada ao agronegócio da região". 
 
Mercado do 
produtor
 
Recentemente o Mercado do Produtor Minor Harada, a Cobal, passou por reformas. "Agora estamos em obras na administração do mercado, vamos unificar a equipe de secretaria da Agricultura para que a gente possa potencializar a equipe ali dentro. Já temos um trabalho de regulação do mercado, em que temos uma legislação nova, escrita que vai ser apresentada em uma semana", destacou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também