quinta 20 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Secretário estadual entrega licença de operação da Avenida das Orquídeas

Documento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) permitirá inauguração do Corredor Leste-Oeste

24 junho 2019 - 20h18Por de Mogi
O secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, esteve nesta segunda-feira, 24, no Parque Natural Municipal Francisco Afonso de Mello – Chiquinho Veríssimo, onde participou do evento “Vamos Conversar sobre Agroecologia?”, como parte da programação do Junho Verde. Penido também foi recebido pelo prefeito Marcus Melo no gabinete e entregou a licença de operação da Avenida das Orquídeas, emitida pela Cetesb e que permitirá a inauguração do Corredor Leste-Oeste.
 
“Para nós é uma honra receber o secretário Penido em Mogi das Cruzes, no meio da programação do Junho Verde e em um dos patrimônios naturais da cidade, que é o Parque Municipal. Recebemos também a licença de operação da Cetesb que permitirá a inauguração do Corredor Leste-Oeste e agendaremos uma data, em conjunto com o governador João Doria e demais autoridades, para a entrega dessa obra tão importante para a cidade e toda a região”, disse Melo.
 
Penido chegou a Mogi das Cruzes por volta das 11h30 e foi ao Parque Municipal, onde foi recebido pelo vice-prefeito Juliano Abe, pelo chefe de gabinete, Romildo Campello, e pelo secretário municipal do Verde e Meio Ambiental, Daniel Teixeira de Lima. Os vereadores Pedro Komura e Fernanda Moreno também prestigiaram o evento no parque.
 
O secretário foi cumprimentado pelos participantes do evento. Ele visitou barracas de produtos orgânicos e naturais e conversou com o público presente sobre a importância das áreas preservadas. Reconhecida pelo Governo do Estado como Área de Proteção Ambiental (APA) em novembro de 2018, a Serra do Itapeti possui 5.138,94 hectares de extensão e abriga o Parque Municipal – que foi uma tradicional área de lazer da cidades nas décadas de 70 e 80, e hoje é uma reserva ambiental.
 
“Estamos aqui em uma área muito bonita, bem preservada e que é remanescente da Mata Atlântica. A preservação do meio ambiente é uma necessidade que não se contrapõe ao crescimento e ao desenvolvimento. Pelo contrário, eles caminham juntos”, disse Penido, elogiando a exposição de frutas, verduras e legumes que foi apresentada no Parque Municipal durante o evento.

Deixe seu Comentário

Leia Também