sexta 01 de março de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/03/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Região

Secretários de Mogi realizam visita técnica na Barragem Jundiaí

Dados ajudam no processo de planejamento de ações da Prefeitura para os bairros que ficam às margens do rio

23 fevereiro 2023 - 20h27Por de Mogi
Os secretários municipais de Infraestrutura Urbana, Alessandro Silveira, de Segurança, Toriel Sardinha, e o diretor da Defesa Civil de Mogi das Cruzes, Augusto Cesar, fizeram uma visita técnica à Barragem Jundiaí nesta quinta-feira (23/2) à tarde e receberam informações sobre o volume e a vazão do reservatório. Os dados ajudam no processo de planejamento de ações da Prefeitura para os bairros que ficam às margens do rio Jundiaí, com os Jardins Oropó e Aeroporto (1, 2 e 3), dentro da Operação Verão.
 
“Nós já conhecíamos a barragem e a visita foi uma oportunidade de conversarmos com os engenheiros do DAEE, recebendo informações que serão extremamente úteis para a organização de nossas ações”, afirmou Silveira. Os engenheiros Ernesto Nobuo Mori e Rodrigo Toshio Tsuha acompanharam os secretários.
 
Toriel Sardinha frisou que o contato permanente entre os técnicos da Defesa Civil e do DAEE é fundamental: "Durante os meses de chuva, é realizada a Operação Verão em que participam todos os setores da Prefeitura, órgãos estaduais e concessionários de serviços público. Até 31 de março, a prioridade é o atendimento a emergências causadas pelas chuvas e o trabalho integrado entre a administração municipal e o DAEE é importante para agilizar e tornar mais efetiva a resposta para a população", observou.
 
Durante a visita, os engenheiros do DAEE informaram que o reservatório está com cerca de 75% de sua capacidade e apresenta uma vazão natural, que é responsável pela manutenção da vida no rio. Silveira recebeu informações de que este processo de vazão é contínuo e controlado, fazendo parte do funcionamento da barragem e não sendo responsável por ocorrências.
 
Sistema Alto Tietê
 
O Sistema Produtor Alto Tietê (SPAT) é um conjunto de cinco reservatórios de água. Duas represas estão em Mogi das Cruzes (Taiaçupeba e Jundiaí), duas em Salesópolis (Ponte Nova e Paraitinga) e uma em Biritiba Mirim (o reservatório leva o nome da cidade). As barragens auxiliam no combate às enchentes na região e garantem o abastecimento de água de mais de 4,5 milhões de pessoas da Zona Leste da capital paulista e dos municípios da região do Alto Tietê.
 
Especificamente em Mogi das Cruzes, o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) realiza o tratamento de água que abastece cerca de 60% da população da cidade, com duas estações próprias (ETA Centro e ETA Leste). Os 40% de água que completam o sistema de abastecimento são comprados pelo município junto à Sabesp. O Semae possui uma outorga, emitida pelo DAEE, que autoriza a captação de água para tratamento – processo que ocorre na Estação Pedra de Afiar, no Cocuera.

Deixe seu Comentário

Leia Também