Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 25 de março de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/03/2019
PMMC SEMAE
CENTERPLEX SUZANO
Caderno D

Grupo Contadores de Mentira viaja ao Paraguai em uma expedição histórica

Realização da nova obra terá como mote o tema "Adios Paraguay" com previsão de estreia para junho deste ano

Por de Suzano07 JAN 2019 - 23h38
Grupo viaja nesta terça-feira (8) em uma jornada histórica e artística pelo País vizinho, o ParaguaiFoto: Caycedo/ Divulgação
O grupo de teatro suzanense, Contadores de Mentira, inicia, nesta terça-feira (8), uma jornada histórica e artística pelo País vizinho, o Paraguai.
 
Por conta de uma pesquisa, iniciada há 5 anos, sobre a guerra contra o Paraguai, que ocorreu no século XXI, os artistas decidiram reunir dados e materiais sobre o terrível genocídio ocorrido contra o País por parte do Brasil, Uruguai e Argentina, também conhecidos na guerra como "Tríplice Aliança". 
 
Após a reunião dos documentos, o grupo decidiu aprofundar a investigação histórica e também recolher materiais culturais e artísticos durante a expedição intitulada "Adios Paraguay". A viagem que deve durar cerca de um mês em terras paraguaias, tem previsão de estreia para junho deste ano.
 
Para percorrer toda a trajetória, o grupo pretende ir de norte a sul do País, atravessando literalmente todo o território e a rota da guerra. Todo o percurso da viagem será de ônibus e barco com parada em todas as cidades paraguaias.
 
"Estamos muito empolgados com a viagem, será muito valioso percorrer todos os lugares que já conhecemos por meio dos livros e documentários", comenta Samuel Vital, ator dos Contadores.
 
A viagem ao Paraguai será realizada por conta da premiação dos Pontos de Cultura, por meio do edital ProAc, da secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, que aconteceu no último dia 28 de dezembro. 
"Há 5 anos estudamos este tema e temos muito material por parte de escritores e historiadores brasileiros, e agora teremos a oportunidade de nos encontrar com historiadores e pesquisadores paraguaios e confrontar tudo que temos. Nos trará sem dúvida, um outro olhar para esta guerra, que já sabemos que foi sangrenta e injusta", completa Kaique Costa, que também é ator do grupo.
 
Além de atravessar todo o Paraguai, o grupo também irá à Corrientes na Argentina e Paysandu no Uruguai, e assim concluirão a rota completa desta guerra que durou 6 anos, e dizimou 90% da população masculina do País, que atualmente ainda sofre com as consequências da guerra. 
 
Os Contadores de Mentira retornam em fevereiro a sala de ensaio, após toda aventura e estudo artístico e cultural que será realizado no Paraguai. 
 
O programa Pontos de Cultura tem como objetivo assegurar e ampliar o protagonismo da diversidade cultural do Estado de São Paulo e buscar garantir o acesso aos meios de fruição e difusão cultural, para potencializar energias sociais e culturais e dar vazão à dinâmica própria das comunidades, entrelaçando-as e desenvolvendo uma cultura cooperativa e transformadora.
 
Para levantar fundos na construção de uma nova sede, os Contadores estão com uma campanha no site de financiamento coletivo Catarse, onde contam com a colaboração de amigos, comunidade, alunos e frequentadores para alcançarem a meta necessária para a obra.
 
A campanha intitulada "Construindo o novo Teatro Contadores de Mentira" segue até fevereiro, e as colaborações são a partir de R$10,00. O site aceita cartões e boletos bancários. 
 
O grupo alerta que toda colaboração é bem vinda e também oferecem algumas singelas recompensas para os contribuidores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias