sábado 20 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

6,5 mil crianças serão contempladas com o Programa Boa Visão

03 agosto 2017 - 06h10Por De Suzano
A Prefeitura lançou nesta quarta-feira (2) o Programa Boa Visão 2017, que tem como slogan "Olhos que Veem Coração Feliz". O lançamento ocorreu na sede do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) e contou com a presença do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) e da primeira-dama Larissa Ashiuchi. Um total de 6,5 mil crianças das redes municipal e estadual e do Serviço Social da Indústria (Sesi) serão contempladas. A partir desta quinta-feira (3), na escola municipal Antônio Marques Figueira, profissionais da Educação serão treinados pela equipe médica da pasta da Saúde para a realização de exames nos alunos.
 
Segundo Larissa, o projeto vai contemplar 6.510 alunos do Ensino Infantil - G3 (crianças de 3 anos) e do 1° ano do Ensino Fundamental (estudantes de 6 anos) das redes municipal e estadual e do Sesi. Ao todo, 95 unidades escolares serão integradas ao programa. "Vamos realizar testagens e consultas oftalmológicas e providenciar encaminhamentos dos casos especiais (os mais graves), além da doação de óculos. Hoje, é o início dos trabalhos que vamos desenvolver até outubro. Serão três meses de muito empenho e trabalho. Esta ação é grandiosa e, como não poderia deixar de ser, o atual governo fez questão de abraçá-la e de colocá-la em prática, visando o bem-estar das crianças.
 
Ashiuchi lembrou que, mesmo sem dotação orçamentária para o projeto neste ano, a atual gestão não poderia deixar de colocar o Boa Visão em prática. "Com muita matemática, estamos conseguindo lançar um programa importante para os alunos de Suzano. Para se ter ideia, oito em cada dez crianças nunca passaram por um exame oftalmológico. Só com o Boa Visão 2017, mais de 6,5 mil estudantes serão beneficiados com testagem. Queremos, inclusive, aumentar a abrangência do projeto, elevando o número de contemplados e beneficiando os suzanenses da melhor idade". 
 
De acordo com o secretário de Saúde, Luis Cláudio Rocha Guillaumon, é comprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia que, quando detectado algum tipo de deficiência visual em crianças com até 6 anos, sua adaptação e recuperação é quase 100%.
 
O titular da Educação suzanense, Nazih Yousseff Franciss, acrescentou, também, que, 57% das crianças que têm algum tipo de problema visual são desatentas e agitadas, condição que pode prejudicar o ensino escolar.

Deixe seu Comentário

Leia Também