quarta 21 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

A história do Colégio Sol contada por sua fundadora

Sonho de ter e direcionar escola nasceu da observação e da necessidade de ver crianças bem cuidadas

06 abril 2023 - 17h48Por De Suzano

Sol Shiga, diretora e fundadora do Colégio Sol, é a entrevistada desta semana da Página “Circuito Alto Tietê”. 

Gostaria que contasse um pouco da sua trajetória em Suzano? Sempre teve sonho de ter uma escola?

Descobri com o passar do tempo que queria empreender e ser empresária. Sempre que alguém perguntava "O que você quer ser quando crescer?", eu respondia: "Professora". Mais tarde descobri que, na verdade, não queria ser professora, mas de direcionar uma escola. Assim comecei a sonhar e a desenhar o modelo de escola. Minha família se mudou para Suzano em 1975. Suzano tinha 26 anos. Me casei com 17 para 18 anos com um homem que Deus preparou exclusivamente para me fazer feliz. Estamos casados há 42 anos. Voltei a estudar. Nunca mais parei. Aos 19 anos fui mãe da Viviane, minha primeira filha. Nessa fase eu trabalhava e fazia faculdade. A dificuldade chegou. Perguntei "Onde deixar a minha filha para trabalhar?". Naquela época era inacessível as poucas escolas e creches que tinham em Suzano. Nasceu o desejo de ter um espaço escolar, uma escola onde a mãe deixaria o seu filho, e iria trabalhar tranquila, na certeza que seu bem mais precioso estaria muito bem cuidado. E assim nasceu a Baby Sol - "os bebês do sol". Não tem nada a ver com o meu nome, apelido carinhoso dado pela minha tia, irmã do meu pai. A Baby Sol inovou no quesito escola de educação infantil. Fomos autorizados a funcionar com a Educação Infantil e também o Ensino fundamental I. Hoje anos iniciais que é do 1°ao 5° ano mais o período integral. Atualmente estamos funcionando também com alunos do 6°ao 9° Ano no período integral que já é nossa marca. O sonho de ter e direcionar uma escola nasceu da observação e da necessidade de ver as crianças bem cuidadas na ausência da mãe que precisa sair para trabalhar fora e deixar seu filho em um lugar seguro. 

O colégio surgiu como Escola de Educação Infantil. Como foi essa passagem de "Baby Sol" para "Colégio Sol"?

O Colégio Sol na versão Educação Infantil chegou como Baby Sol, atendendo alunos desde 4 meses até 5 anos em período integral. Um grupo de mães que trabalhava em uma renomada empresa tinha seus filhos na Baby Sol, último ano e pediu uma reunião de emergência. E a fala que me convenceu a expandir o curso da Educação Infantil até o Ensino Fundamental 1 (na época) foi: "Não é porque nossos filhos foram para o primeiro ano que nós vamos para de trabalhar!". Então entendi a aflição delas e fomos buscar a liberação para o funcionamento do Fundamental 1. O Fundamental 2, foi nessa linha também. O Colégio Sol com uma educação afetiva e com valores de repente, quando chegava a se formarem no 5° ano tinham que mudar de escola e a adaptação em outras culturas escolares causavam sofrimento. Buscamos a aprovação para funcionar com o Fundamental anos finais e graças a Deus essa fase passou. O próximo passo é o Ensino Médio. 

Podemos considerar o Colégio Sol como uma referência em Suzano por causa da metodologia de ensino afetivo? Gostaria que falasse um pouco sobre isso. 

Atuamos com a Pedagogia Afetiva, a educação com valores e a filosofia de valores com foco central no desenvolvimento das competências essenciais para a vida como autoconhecimento, consciência social, relacionamento interpessoal, determinação, liderança além de história, geografia, matemática, língua portuguesa, bilíngue, educação tecnológica, enfim.

As aulas são em período integral e meio período, conforme a necessidade? Há atividades recreativas? Quais?

E um dos nossos diferenciais. Temos classes de manhã e à tarde de todos os níveis para atender na questão dos horários. O Colégio Sol inclusive atende em período integral até o 9° ano que também é um diferencial. Já são maiores e requer um direcionamento de atividades extras de acordo com o interesse é a idade. E muito rico as aulas oferecidas no contra turno como aulas de música, aulas de desenho e pintura, balé, jaz, street dance, teatro, o judô que é um diferencial também pois o colégio sol é federado ao judô clube. Os alunos também e participamos de campeonatos externos. Daqui já nasceu alguns atletas. 

O Colégio também oferece Programa Bilíngue, Língua Espanhola, entre outras oportunidades? 

O Colégio Sol tem o objetivo de conectar o nosso aluno as demandas da vida futura viabilizando o curso de Bilíngue e também o Espanhol. Os nossos alunos iniciam no curso de Bilíngue com 4 aulas por semana a partir da Educação Infantil (4 anos) então não param mais, só vai evoluindo na influência da língua inglesa. Todos os alunos dos níveis mais avançado do colégio já falam fluentemente em inglês. A certificação e internacional pois comprova o domínio do inglês.

 

Nova sede é realidade, expectativa 

de expansão está no projeto 

 

No dia 1° de fevereiro, o Colégio Sol inaugurou sua nova sede. Hoje são cerca de 500 alunos, mas com capacidade para expandir. 

“A aprendizagem se da de várias formas. Desde a minha faculdade me apaixonei pelo método de ensino de Walloon que diferente dos demais a prioridade voltada uma educação humanizada 'linkada' com a inteligência. Mas não abro mão de usar o método tradicional para direcionar ou reforçar o objetivo almejado no aluno”, disse Sol.

A Página ‘Circuito Alto Tietê’ pediu para ela dar dicas de filmes e livros.

“Amo ler. Leio a Bíblia. Gosto de ler artigos referente à educação. Os últimos que folheei foram sobre 'Psicomotricide na educacão física', da Fátima Gonçalves; 'Psicologia aplicada na escola', da Martha Lovisaro, 'A afetividade na escola', do Celso Antunes. Gosto muito dos livros do Augusto Cury. Já li quase todos. Quanto a filmes é um pouco complicado, pois requer ficar diante de uma TV e sinceramente falta um pouco de tempo. Mas recentemente me vi estimulada em terminar de assistir uma série da Netflix "Pousando no Amor" é um romance de origem coreana. Apaixonei. Encontrei uma série que também amei e foi muito útil, para o meu dia-dia aqui na Escola. ‘Uma Advogada Extraordinária’”.