domingo 26 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Achados e Perdidos da CPTM totalizam 9 mil itens da região em 2022

Do total foram devolvidos 2,3 mil itens; a maioria dos perdidos são documentos

22 janeiro 2023 - 14h00Por Guynever Maropo - de Suzano
A Central de Achados e Perdidos (CAP) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) acumula 9.433 objetos das Linhas 11 Coral e 12 Safira encontrados nas estações do Alto Tietê no ano de 2022.
 
Do total acumulado, apenas 2.392 itens foram devolvidos, representando 25,4% do total. Dos 9.433 itens, 6.495 são documentos (cartões de banco e crédito, RG), os outros 2.938 são carteiras, vestuário e chaves. 
 
O assessor executivo, responsável pela central de achados e perdidos, Vandeir Souza reforça o pedido para os passageiros entrarem em contato com a central quando perderem itens dentro das estações e trens. O prazo de retirada dos objetos é de 60 dias. 
 
“Para que a devolução aumente é importante que os passageiros entrem em contato com os canais de relacionamento da companhia. Os itens demoram de um a dois para chegar na central e serem cadastrados. Na central há todo tipo de item perdido, desde documento à carrinho de bebe e de supermercado”, comenta. 
 
A Central realiza o serviço de devolução ativa. O processo consiste em identificar o proprietário antes que ele faça contato com a Central. O ativo ocorre se houver telefone para contato ou por meio de busca pela internet caso ache o nome do passageiro no item. 
 
“Antecipamos o contato com o passageiro assim que os itens chegam na central. Em alguns casos, o proprietário nem tinha se dado conta que havia perdido o item. Já identificamos um turista da Argentina que tinha perdido uma bolsa com dólar”, comentou.
 
Passando o prazo de 60 dias, itens como documento são encaminhados para o órgão expedidor. No caso de cartões de banco e crédito são destruídos. Os outros itens foram encaminhados para o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, entidade social mantida pelo Governo do Estado de São Paulo.
 
A Central está localizada na Estação Palmeiras Barra-Funda. A companhia ainda não tem projeto de estender a central para estações mais movimentadas dentre as 57 da CPTM. “O serviço é mais prático e eficaz se for centralizado. Não há projetos e ampliação”, afirma Souza. 
 
Serviço
 
A Estação Palmeiras-Barra Funda atende as Linhas 7-Rubi e 8-Diamante da CPTM e a Linha 3 do Metrô. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira das 8 às 16 horas (exceto feriado). Informações também podem ser obtidas pelo telefone 0800 055 0121 que funciona 24 horas ou encaminhar um e-mail para passageiro@cptm.sp.gov.br

Deixe seu Comentário

Leia Também