sábado 22 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Balanço

Acidentes de trabalho crescem 12,5% com 3,7 mil casos em 2018

Aumento aconteceu entre 2017 e 2018. Ao todo, região teve 121 mortes nos últimos 7 anos

29 junho 2019 - 23h58Por Daniel Marques - de Suzano
O Alto Tietê registrou 3.762 acidentes de trabalho em 2018. Entre 2012 e 2018, foram 24.551 casos com 121 mortes em todo esse período. 
 
Os dados são do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (MPT).
 
Do número total de acidentes, 7.104 aconteceram nos últimos dois anos, sendo 3.342 em 2017 e 3.762 em 2018, representando um aumento de 12,5% no número de acidentes de um ano para o outro.
 
A média de acidentes caiu com relação ao levantamento feito pelo DS em março de 2018. 
 
Eram quase 12 ocorrências por dia, duas a mais do que o número atual. 
 
Desde o início da pesquisa, em 2012, o ano inaugural e o de 2014 registraram o maior número de mortes por acidentes de trabalho durante todo o período: 22 em cada. 
 
Em seguida, os anos de 2013 e 2015 tiveram 18 mortes cada. 2017 com 15 mortes, 2018 com 14 mortes e 2016 com 12 mortes fecham a lista.
 
A cidade de Mogi das Cruzes foi a que teve mais acidentes de trabalho, com 8.653 casos, e também a que teve mais mortes, com 43. Em seguida vem Itaquaquecetuba, com 5.063 registros e 29 mortes. Suzano, com 4.679 casos e 17 mortes, fecha a lista das três com mais acidentes e óbitos. 
 
Seguem a lista Arujá, que teve 2.610 casos com 11 mortes, Santa Isabel com 1.171 acidentes e 9 mortes e Ferraz com 1.841 registros e 5 mortes. Além disso, Poá com 1.211 ocorrências e Guararema com 971 acidentes, tiveram 3 mortes cada. Salesópolis, com 114 registros e uma morte fecha a lista de cidades que tiveram falecimentos provocados por acidentes de trabalho. A cidade de Biritiba Mirim teve 197 ocorrências de acidente de trabalho, mas não teve nenhuma morte registrada desde o início do levantamento.
 
Dos 24.551 acidentes de trabalho ocorridos durante todo o período, 6.173 foram ocorrências registradas por cortes, lacerações, feridas contusas ou puncturas. Ainda ocorreram 4.885 fraturas durante o período. São contabilizadas também contusões, esmagamentos, distensões, torções, luxações, escoriações, queimaduras, entre outras.

Deixe seu Comentário

Leia Também