terça 28 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Água parada: faça a manutenção de seu telhado

Saiba como realizar a manutenção de seu telhado de forma prática e segura para impedir maiores danos provenientes de doenças e acúmulo de sujeira

14 maio 2024 - 14h09Por Dalton Ribeiro Divulgação

As mudanças climáticas estão cada vez mais evidentes, e problemas como água parada em telhados e calhas tornaram-se preocupações constantes, mas muitas vezes, esquecidas por proprietários e moradores.

Além dos riscos de infiltrações e danos estruturais, a água parada pode se tornar um ambiente propício para a proliferação de mosquitos transmissores de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Problema que chegou a ser maior em relação a 2023 e que finalmente tem apresentado queda segundo informações do Ministério da Saúde.

Fora que o acúmulo de sujeira e detritos nas telhas e calhas pode obstruir o fluxo da água, agravando ainda mais o problema.

Por isso, vamos apresentar orientações práticas para te ajudar a realizar a manutenção adequada de seus telhados, prevenindo problemas futuros e garantindo a segurança e o conforto em sua residência.

Limpeza regular das calhas

Como dito, limpar regularmente as calhas é essencial para evitar o acúmulo de detritos que podem obstruir o fluxo da água e causar problemas de infiltração, e para fazer essa limpeza de forma segura, recomendamos o seguinte passo a passo:

Equipamentos: Antes de iniciar a limpeza, separe os equipamentos que irá utilizar para segurança, como luvas de proteção e botas antiderrapantes. Provavelmente até mesmo uma máscara pode ser necessária em caso de respingos no rosto.

Acesso seguro: Utilize uma escada adequada e tenha a certeza de que ela está apoiada de forma firme no chão e no telhado e evite posicionar a escada sobre telhas frágeis ou danificadas, e não relute em pedir ajuda mesmo que seja para apoiarem a escada.

Remoção dos detritos: Com uma pá ou as mãos protegidas, remova então cuidadosamente os detritos das calhas, incluindo folhas, galhos e toda a sujeira acumulada tendo um saco plástico por perto para despejar.

Enxágue com água: Após remover os detritos, enxágue as calhas com água para garantir que estejam completamente limpas e desobstruídas.

Revisão: Verifique se há obstruções nas descidas pluviais e caso haja, é só remover o material que estiver bloqueando o fluxo da água.

Verifique se há telhas quebradas ou soltas

São justamente as telhas quebradas ou soltas que permitem a entrada de água no interior da casa, causando infiltrações e danos estruturais.

Para isso, veja cuidadosamente o telhado, procurando por telhas quebradas, trincadas ou soltas. Preste atenção especial às áreas próximas às bordas do telhado e às junções entre telhas.

Caso encontre danificadas, é só removê-las cuidadosamente e substituir por novas telhas do mesmo tipo e tamanho, e lembre de sempre seguir as instruções do fabricante para garantir a instalação adequada.

Se na sua residência utiliza o tipo de telha francesa, o processo é semelhante ao de outros tipos de telhado.

E isso vale para qualquer tipo de telha, seja de cerâmica, telha francesa ou de fibrocimento, todas devem ser inspecionadas com cuidado para identificar qualquer dano possível.

Inspeção das juntas e vedação

As juntas e a vedação das telhas servem também para prevenir vazamentos de água. Por isso, a importância em realizar uma inspeção adequada e garantir a integridade delas.

Então, examine cuidadosamente procurando por sinais de desgaste, deterioração ou danos, prestando atenção especial onde as telhas se encontram e as emendas entre telhas e outros materiais, como chaminés e clarabóias.

Se identificar algum problema nessa parte, repare aplicando materiais selantes, adesivos específicos para telhados, ou mesmo só substituindo os materiais danificados.

Podas de árvores próximas

Árvores próximas ao telhado são outro fator a se observar, pois podem representar um risco de danos às telhas e calhas, especialmente durante tempestades e ventos fortes.

Realize então podas regulares nas árvores próximas ao telhado para manter os galhos afastados das telhas e calhas. Isso reduzirá o risco de danos causados por galhos quebrados ou arrancados pelo vento.

Claro, é preciso saber quais as condições dessas árvores, se requerem autorização ou se só podem ser feitas por departamentos públicos solicitados.

E se não se sentir confortável em realizar essa tarefa por conta própria, vale a pena contratar um profissional qualificado para fazer o trabalho de forma segura e eficiente.

No geral, seguindo essas orientações práticas de manutenção, você poderá prevenir problemas relacionados à água parada em seu telhado, bem como problemas de saúde graves que poderiam surgir, além de garantir a integridade e a durabilidade de sua cobertura e, consequentemente, de sua casa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também