Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 14 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/10/2019
CENTERPLEX 11/10 A 18/10
Secom Segurança
Villa Europa
Trens de carga

Alerta pede para que se evite uso de celular na travessia de cancelas

Medidas tomadas pela empresa para evitar possíveis acidentes nesses pontos é a revitalização

Por Isabelle Santini - de Suzano15 JUN 2019 - 21h00
MRS pede cautela e cuidados na travessia de cancelasFoto: Sabrina Silva/DS
A MRS Logística, empresa responsável pelas cargas que passam nos cruzamentos, informou que dois acidentes foram computados na SP-31 pelas vias férreas, um em agosto de 2017 e outro este ano, em maio. Contudo, ainda de acordo com a MRS, não houve mortes.
 
As medidas tomadas pela empresa para evitar possíveis acidentes nesses pontos é a revitalização. Tanto que a MRS salienta que em 2018 as intersecções passaram por processo de pinturas, limpeza e manutenção de sinalização.
A dica que a empresa dá a população que passa pelos pontos diariamente é ter cautela e atenção, seja motorista, ciclista ou pedestre. 
 
"Um cuidado especial que gostaríamos de reforçar com a comunidade é quanto ao uso dos dispositivos eletrônicos durante as travessias: caso esteja usando o telefone celular ou fones de ouvido, interrompa a utilização ao se aproximar da linha férrea. Se estiver com o som do carro ligado, reduza o volume, abaixe os vidros do carro e só inicie a manobra em condição segura. Sua segurança depende da sua atenção", finaliza a nota.
 
SINALIZAÇÃO
A sinalização das cancelas de trens de carga no distrito de Palmeiras são feitas a partir de placas sinalizadoras, semáforos e sinalização horizontal, que são as pinturas de solo, que indicam a parada obrigatória aos motoristas.
 
O distrito possui três cruzamentos de via férrea, sendo dois na Rodovia Índio Tibiriçá (SP-31), um localizado na Vila Ipelândia e o outro na Vila Fátima, e um na Avenida Avelino Mariano Pena, antiga Estrada do Caulim. Contudo, apenas duas intersecções férreas, localizadas na SP-31, possuem cancelas eletrônicas, que descem quando o trem de carga passa pela via, semáforos e placas sinalizadoras. Já a da Avenida Avelino não conta com as cancelas e nem com semáforos, apenas com placas sinalizadoras de 'Pare. Olhe. Escute'. Sendo assim, apenas o barulho sonoro do trem avisa os motoristas, pedestres e ciclistas de que é necessário ter cautela. 
 
O DS esteve nos três cruzamentos de via férrea e em um deles haviam seguranças responsáveis por analisar o tráfego no local. 
 
O ajudante geral Márcio Almeida, morador de Palmeiras, conta que nunca chegou a ver acidentes nas intersecções, contudo ele diz que é necessário melhorar a sinalização nesses pontos. Almeida afirma que às vezes as cancelas eletrônicas não abaixam quando o trem está vindo, por isso salienta que manutenções deveriam ser feitas constantemente. 
 
O comerciante Adilson Pena, que tem seu comércio localizado ao lado da via férrea da Vila Ipelândia, conta que os acidentes ocorrem por causa da imprudência dos motoristas, já que muitos deles não respeitam a sinalização. "Quando a energia acaba a cancela desce automaticamente para evitar possíveis acidentes. É necessário que todos tenham atenção", comenta Pena.
Ele ressalta que a população deveria se conscientizar e ser cautelosa ao passar por cruzamentos de via férrea. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias