segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Estrada dos Fernandes

Artesp negocia com SPMar início da alça de acesso ao Rodoanel

Cetesb emitiu no final de fevereiro a primeira licença

06 agosto 2017 - 17h09Por Pâmela Queiróz - De Suzano
O início das obras da alça para a interligação do Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21) com a Estrada dos Fernandes, em Suzano, depende da finalização das negociações entre a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e a concessionária responsável pelo anel viário, a SPMar. A informação foi divulgada pela reguladora.
 
Segundo a Artesp, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) emitiu no final de fevereiro a primeira licença de instalação para as obras do projeto de interligação do Trecho Leste à Estrada dos Fernandes. "O processo está em fase de discussões finais com a concessionária para inclusão da obra no contrato da SPMar. São questões jurídicas, orçamentárias e de projeto que já vem sendo tratadas desde então em diversas reuniões entre a Artesp e a SPMar com vistas a formalizar o aditivo contratual necessário com as melhores condições possíveis considerando o interesse público", pontua a reguladora. 
 
A Artesp ressalta ainda que trabalha para finalizar as negociações com a concessionária, assinar o acordo conforme orientações do Poder Concedente e possibilitar o início das obras, medida confirmada pela SPMar que acrescenta manter junto ao poder concedente conversas para inclusão das obras do Complexo de Interligação no contrato por meio do Termo Aditivo Modificativo (TAM).
 
Para a administração, a implantação da alça, projeto aguardado há pelo menos quatro anos, é muito importante, pois vem somar ao esforço. Com o acesso, Suzano terá uma conexão maior com a Região Metropolitana. A Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação afirma também que se empenha sempre que possível para que a implantação da alça aconteça com maior rapidez.
 
O projeto executivo original para a construção da nova alça do Rodoanel em Suzano gira em torno de R$ 160 milhões. O valor foi estipulado em 2013. 
 
Em nota, a diretoria de Avaliação de Impacto Ambiental da Cetesb disse que a Licença de Instalação (LI), foi emitido em fevereiro. Já a Licença de Operação, só será emitida após a conclusão das obras e atendimento às exigências das Licenças Prévias (LP) e LI.