quinta 13 de junho de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/06/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Suzano

Às vésperas do Dia das Mães, procura por presentes aumenta

Vendas em floriculturas aumentam. Procura por calçados, no entanto, ainda é pequena

10 maio 2019 - 23h58Por Daniel Marques - de Suzano
Neste domingo (12) será comemorado mais um Dia das Mães, e lojistas do centro de Suzano se prepararam para receber maior fluxo de clientes à procura do presente para as mamães. 
 
O movimento em floriculturas é bom, mas as lojas de calçados ainda estavam abaixo das expectativas ontem. No entanto, mais pessoas devem procurar os comércios nesse final de semana.
 
Os lojistas então, aproveitam para fazer promoções e atrair mais clientes. A procura é grande por flores e chocolates em uma floricultura no centro. Por isso, a proprietária Sandra Augusto Koyama teve que abrir um ponto de venda na Rua General Francisco Glicério para conseguir atender a demanda. "Hoje e amanhã cresce a procura, porque as pessoas deixam para comprar em cima da hora, para as mães não verem. Já temos bastante entrega agendada para o domingo, durante todo o dia", comenta.
 
Na floricultura de Sandra, várias entregas já estão agendadas para a manhã de domingo. Vasos de orquídeas, rosas e até porta-retratos estão sendo encomendados. "Apostamos em buquês especiais, mas também temos uma rosa, que as pessoas compram muito", diz.
 
Já no setor de calçados. a procura é considerada pelos lojistas como abaixo das expectativas. 
Wagner Aparecido Gonçalves acredita que o baixo movimento ocorre porque o dia do pagamento da maioria das pessoas está muito recente. "A população opta por pagar dívidas e só depois as pessoas gastam", comenta o subgerente de uma loja de calçados, que sorteará R$ 13 mil para quem comprar acima de R$ 150 na loja.
 
Uma loja no centro aposta em promoções de sapatilhas para as mulheres. Por isso, a proprietária, Flavia Eliene, espera que o faturamento triplique nesse ano. "Em 2018 foi muito bom. A loja é recente. Esperamos que o movimento melhore nos próximos dias", comenta a comerciante. 
 
Geni de Oliveira, 69, é pensionista. Ao invés de calçados, ela preferiu comprar perfumes para as filhas, que já são mães. Ela quer presentear ambas nesse domingo, e já encontrou uma forma para que elas não descubram. "Vou dar um presente para cada. Já escondi um, agora preciso esconder o outro também", diz.
 
Já Cintia Nascimento, 32, analista de Recursos Humanos, ainda está analisando os preços. "Se for promoção, eu compro”, diz. 

Deixe seu Comentário

Leia Também