segunda 26 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Ashiuchi entrega escola no Jardim Saúde orçada em R$ 1,4 milhão

Prefeito também informou sobre entrega de mais três creches, destacou próximas obras e fez balanço das chuvas

04 fevereiro 2023 - 16h03Por Guynever Maropo - Da Reportagem Local

A escola municipal professora Tomi Ashiuchi foi inaugurada oficialmente na manhã deste sábado (4) no bairro Jardim da Saúde. 
A princípio, a escola vai atender 200 alunos de 4 a 6 anos, distribuídos em 10 salas atendidas no turno da manhã e tarde. A estimativa é que sejam atendidas 560 estudantes depois das obras de ampliação da unidade que devem ser concluídas ainda no primeiro semestre deste ano. 

Os pais das crianças matriculadas na escola devem comparecer na reunião de pais no dia (5) na Paróquia São José Operário às 10 horas. Todos os alunos vão receber os kits escolares no início das aulas que ocorre no dia 6 de fevereiro.

Em coletiva após a inauguração, o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) informou a entrega de mais três creches conveniadas ainda em fevereiro. Ele destacou as obras que estão em andamento e fez balanço sobre chuvas na cidade. Na inauguração estiveram presentes o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), a primeira-dama Larissa Ashiuchi e a família Ashiuchi para prestar a homenagem à professora Tomi. As autoridades locais também marcaram presença, como o secretário de Educação Leandro Bassini, o deputado estadual André do Prado (PL), o presidente da Câmara Joaquim Rosa e alguns vereadores.

O investimento foi de R$ 1,4 milhão, para compra e reforma do espaço. O imóvel pertencia a uma entidade particular e foi adquirido pela administração municipal por R$ 980 mil. O espaço reformado passou por adaptações dos dois andares. No pavimento do térreo conta com quatro salas de aula, uma cozinha, um refeitório, e ambientes destinados a secretaria e diretoria. O piso superior conta com sete salas, almoxarifados e uma sala administrativa. Os dois níveis são ligados por escadas e elevadores para garantir a acessibilidade a todos. 

A escola recebeu o nome da prima do prefeito que foi educadora da cidade.
Tomi atuou no Serviço Social e da Indústria (Sesi), na Escola Estadual Batista Renzi e também na Prefeitura de São Paulo. Abriu uma escola e desenvolveu projeto pedagógico inovador para fortalecer o ensino da cidade. 
“A homenagem a Tomi é por tudo que ela fez pela educação da cidade. Era uma professora raiz. Todos os homenageados da cidade são escolhidos baseados em suas história e dedicação por Suzano”, afirmou o prefeito. 

O secretário de Educação Leandro Bassini afirmou que com esta nova unidade zera a fila de vagas nos bairros vizinhos à Casa Branca. Os alunos matriculados na escola estavam na fila de espera e outros foram remanejados. 

“Atualmente são cerca de 800 crianças esperando vagas nas escolas municipais O preenchimento dessas vagas são feitas por meio de novas unidades e ampliação de salas. A expectativa é que até maio zerar esse número. A projeção é que Suzano tenha 29 mil alunos na rede municipal até o final do ano”, disse Bassini.

Para diminuir mais o déficit das vagas, ainda em fevereiro deve ocorrer a inauguração de três creches subconvenidadas. As creches vão atender a região do parque Maria Helena , Vila Amorim e Miguel Badra. Ainda não definiram o dia da inauguração.

Outras obras

O prefeito reforçou que no próximo dia 25 será entregue a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) no Jardim Revista e a previsão que os atendimentos da unidade já começam dois dias após a inauguração. 

Outra obra que deve ser entregue em breve é o trecho de recapeamento da Avenida Major Pinheiro Fróes que liga a divisa de Poá. “Entregar o recapeamento da avenida, também vamos tapar aqueles buracos da Sabesp”, afirmou. 

Mediante as chuvas fortes dos últimos dias, o prefeito pede que a população denuncie os locais que estão com descarte irregular de lixo e que solicitem o Cata treco para recolher os móveis descartados.

“O índice pluviométrico foi muito forte em Suzano. Temos uma retaguarda dos abrigos mas até o momento não foi utilizado. Alguns suzanense vão receber o aluguel solidário para quem perdeu pertence com as chuvas. Até o momento não tivemos nenhuma vítima e nem problema com transbordação do rio da Marginal do Una”, informou Ashiuchi.