terça 28 de maio de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/05/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Inclusão

Assistência Social alcança a marca de 360 carteiras emitidas a pessoas com TEA

Documento de identificação passou a ser implementado no município há 18 meses

17 abril 2024 - 18h00Por De Suzano

Neste mês de abril, dedicado à conscientização sobre o autismo, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social alcançou a expressiva marca de 360 Carteiras de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea) desde o início da iniciativa, em outubro de 2022. Implementado no município por meio da Lei nº 5.352/2022, de autoria do vereador Artur Takayama, e regulamentada pelo Decreto Municipal 9.845/22, o documento tem contribuído para melhor prestação de serviço a esse público, facilitando a identificação dos munícipes e agilizando o atendimento junto aos serviços públicos e privados.

A carteirinha deve ser solicitada no Centro Unificado de Serviços (Centrus) da avenida Paulo Portela, 210, no centro, mediante a apresentação de RG, CPF, foto 3x4, comprovante de endereço, laudo médico que comprove a condição e documento de identificação do responsável. Após a solicitação, um processo de requisição será aberto e dentro de aproximadamente dez dias a identificação é emitida, com prazo de validade de cinco anos. Desde que passou a ser viabilizada pela prefeitura, a média é de 20 carteiras entregues por mês.

A Ciptea se integra a outros serviços oferecidos pela administração municipal, como o espaço de Atendimento Educacional Especializado, inaugurado há cerca de dois anos no Jardim Monte Cristo, que atua com o “Método de Intervenção Precoce Denver”, pelo qual é proposta uma terapia comportamental que utiliza brincadeiras e ações conjuntas para estimular o aprimoramento de habilidades cognitivas, sociais e de linguagem em alunos com TEA. O equipamento de ensino está anexo à Escola Municipal Caic (rua Cachoeira, s/n – Jardim Monte Cristo).

Em outubro do ano passado, também foi inaugurado um equipamento para pessoas com TEA no Complexo Poliesportivo Paulo Portela, o Portelão, na região central de Suzano. A administração municipal, por meio das Secretarias de Governo e de Esportes e Lazer, em conjunto com a União Família Azul (UFA), entidade composta por familiares de pessoas com TEA, trabalharam para a concepção do local, que foi estruturado para proporcionar atendimentos multidisciplinares nas áreas de Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia ABA (abordagem terapêutica focada no comportamento), Psicomotricidade, Odontologia e Neurologia.

O secretário Geraldo Garippo destacou que as identificações das pessoas com TEA, assim como os outros serviços e iniciativas, garantem inclusão, dignidade e respeito a esse público. “Atuamos em várias frentes para que possamos preservar os direitos de todos os cidadãos e apoiamos todas as iniciativas que possam melhorar a qualidade de vida dos munícipes”, ressaltou o chefe da pasta.

Mais informações podem ser obtidas com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social por meio do telefone 4745-2071. 

Deixe seu Comentário

Leia Também