sábado 24 de fevereiro de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/02/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Educação

Atendimentos no Conselho Tutelar crescem 25,7%

Dados mostram que evasão escolar e trabalho infantil foram os casos mais atendidos

04 dezembro 2022 - 12h00Por Guynever Maropo - da Reportagem Local
Os atendimentos no Conselho Tutelar, de Suzano, cresceram 25,7% neste ano se comparado a 2021. No ano passado foram realizadas 2.926 assistências às crianças e adolescentes. De janeiro a novembro a Unidade 2, do Bairro Boa Vista, promoveu 3.678 atendimentos unitários à população da região norte. Os dados mostram que casos de evasão escolar e trabalho infantil foram os mais atendidos na unidade.
 
O número é de atendidos individuais entre crianças e adolescentes. Dessas solicitações são feitas as requisições e procedimentos que visem a garantia de direitos que somadas chegam a 7.543 ações. 
 
As denúncias, conforme as informações passadas pela unidade, variam entre evasão escolar, trabalho infantil, conflito familiar, negligencia, maus-tratos e abuso sexual. O Conselho informou que no auge da pandemia do coronavírus a mudança para as aulas on-line foi um dos fatores que influenciou a denúncia dos casos de evasão escolar. Na região norte, o fato do desemprego das famílias influenciou o aumento das denúncias de casos de trabalho infantil.
 
“Muitas crianças trabalhavam em farol vendendo bala ou pedindo dinheiro para ajudar em casa. Os casos evidenciam a exploração infantil e acarretando nas crianças fora da escola”, explica a conselheira Rita de Cássia.
 
O quadro de evasão escolar entra nos casos onde tem déficit nas vagas de creche, transferência escolar e exploração do trabalho infantil.
 
No auge pandêmico do País, em 2021, houve naturalmente uma diminuição dos atendimentos da demanda escolar. Contudo foram registrados 2926 atendimentos individuais, identificados com aumentos significativos em negligencia, maus tratos e abuso sexual. 
 
Quando solicitado o Conselho Tutelar no local é prestado averiguação das denúncias, visita de acompanhamento da vítima. É feito também uma orientação aos responsáveis, passado advertências e requisição de serviços de políticas pública
 
O papel do conselho é promover a sensibilização da população sobre temas que são relevantes à sociedade em razão da proteção das crianças e adolescentes. A entidade realiza em maio, uma semana de conscientização sobre a exploração sexual. É realizado ações para esclarecer dúvidas sobre o tema e coibir essas práticas.
 
A unidade 2 está instalada na rua Coronel Hildeberto Vieira de Melo, 60, Boa Vista. O telefone de contato para é o número (11) 4748-8188.

Deixe seu Comentário

Leia Também