Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Bertaiolli estuda proposta e deve sair candidato a deputado federal

De acordo com ele, a probabilidade de aceitar o pedido é grande. Isso porque é o único cargo público que ainda não ocupou

Por Lucas Lima - De Suzano28 SET 2017 - 11h10
Bertaiolli concedeu entrevista à rádio SP/Rio e falou para o DS sobre possível candidatura a deputado federalFoto: Nilson Amâncio/DS
O ex-prefeito de Mogi das Cruzes e atual vice-presidente da Federação das Associações Comerciais Estado de São Paulo (Facesp), Marco Bertaiolli (PSD), afirmou em entrevista exclusiva ao DS que analisa um convite feito pelo partido para sair candidato a deputado federal nas eleições do próximo ano. De acordo com ele, a probabilidade de aceitar o pedido é grande. Isso porque é o único cargo público que ainda não ocupou. O ex-prefeito também participou nesta quarta-feira (27) do Jornal 120 Minutos, da rádio SP/Rio 101.5 FM em entrevista ao jornalista Ayl Marques.
 
Bertaiolli destacou que a carreira sempre foi dedicada a isso. "O PSD fez um convite para que eu estudasse a possibilidade de disputar as eleições de 2018 como candidato a deputado federal. Estou analisando este convite e enquanto isso fico na pré-campanha de avaliação. Há uma grande probabilidade que eu aceite este convite e dispute as eleições porque é o único cargo público que ainda não ocupei na minha vida, que é dedicada a isso", enfatizou.
 
Ele afirmou que sair na disputa por este cargo é de extrema importância para a região. O motivo é a diminuição na representatividade de deputados do Alto Tietê ao longo dos últimos anos. "Nesta legislatura é a menor quantidade de deputados que a região já teve no congresso ou na Assembleia Legislativa. No final dos anos 90, chegamos eleger cinco deputados só em Mogi, além de outros de Suzano e região. Então perdemos uma força, que consequentemente enfraquece os recursos financeiros e poder de investimento aos municípios. Vou me colocar a disposição da região e espero ser um novo representante". 
 
Pensando em "dobradinha" para ampliar a possível campanha, Bertaiolli disse que se for aprovado pelo partido fará dobradinha com candidatos a deputados estaduais do Alto Tietê. "Vou fazer dobradinha com deputados já existentes. Entre um deles será um companheiro de jornada há muito tempo, deputado estadual Estevam Galvão (DEM), junto desenvolveremos um trabalho muito forte. Além dele, tem o deputado estadual Marcos Damásio (PR), que foi meu secretário municipal quando era prefeito. Entendo que os dois sejam bons representantes da nossa região e que devem continuar como deputado estadual".
 
Carreira
 
Bertaiolli tem 29 anos de vida pública. Ele começou aos 18 anos como presidente da Associação Comercial e Empresarial de Mogi. Na sequência, aos 25 anos, foi convidado pelo ex-prefeito de Mogi, Padre Melo, para ser secretário de Desenvolvimento Econômico. Aos 28 anos disputou para vereador da cidade, quando venceu e foi reeleito. Em seguida do encerramento do mandato parlamentar, recebeu o convite para compor a chapa de vice-prefeito com Junji Abe. Depois, foi deputado estadual, onde esteve no cargo por dois anos. E, posteriormente, foi prefeito de Mogi por dois mandatos. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias