segunda 15 de abril de 2024Logo Rede DS Comunicação

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 34,90 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/04/2024
Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Cidades

Buracos da Sabesp na SP-66 são tapados e via será liberada nesta sexta-feira

Enquanto os locais não são liberados, os motoristas são afetados com trânsito no local

18 agosto 2017 - 10h23Por Lucas Lima - De Suzano
Os 'buracos' das obras paralisadas há mais de um ano na Avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66), da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), devem ser tapados até esta sexta-feira (18), mesma data em que a via será liberada. A informação foi concedida por um técnico de sistema da companhia. São quatro poços que foram abertos para a implantação de um coletor-tronco.
 
Enquanto os locais não são liberados, os motoristas são afetados com trânsito no local. Os buracos causam queixas dos motoristas e comerciantes. Isso porque, onde eles estão os condutores precisam trafegar por uma faixa ao invés de duas, como é no restante da avenida. Esse é o caso do proprietário de loja Isaias Cordinot. Ele comentou que circulação de veículos na via deve melhorar com a finalização do trabalho. "Normalmente fica bem congestionado os trechos dos poços na SP-66. Tenho certeza que movimento de carros irá fluir melhor". 
 
Já o comerciante Maykon Luciano da Cunha disse que os acidentes acabarão. "Como os veículos vem em alta velocidade, acabam percebendo as obras, na última hora, e batem na traseira do carro que está à frente. Todo dia tem pelo menos um acidente. Irá acabar, quando os buracos forem tapados", explicou. 
 
A Sabesp iniciou a reposição asfáltica sobre os poços fechados, que fazem parte das obras de ampliação da rede de coleta de esgotos nas cidades de Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano e São Paulo, que vai beneficiar 380 mil pessoas e contribuindo para a despoluição do rio Tietê e de afluentes.
 
Obra
As obras de implantação do interceptores para coleta de esgoto não têm data para serem retomadas. O contrato firmado para a execução das obras está em processo de rescisão judicial. Segundo a companhia, a expectativa é de que uma nova licitação seja aberta para que os serviços sejam retomados. "A implantação dessa tubulação, chamada de interceptor de esgotos, está com 77% de avanço, mas infelizmente os trabalhos foram interrompidos por descumprimento do contrato pela empresa que havia vencido a licitação. O contrato está em fase de rescisão e, assim que o processo for formalizado, a Sabesp promoverá nova licitação para a conclusão das obras", explicou a Sabesp em nota.
 
Os interceptores de esgotos (ITi-16) ou coletores-troncos, como são chamados, possuem aproximadamente 4,7 quilômetros de extensão e já receberam investimentos de R$ 50 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também